ÚLTIMAS

Belarmino vai pedir lancha para ajudar Ipixuna no combate ao tráfico de drogas






 A preocupante ação dos piratas dos rios no município de Ipixuna, na fronteira dos estados do Amazonas e Acre, levou o deputado estadual Belarmino Lins (PP) a apelar ao governador Wilson Lima e ao secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Louismar Bonates, em favor de medidas que garantam rigor no combate aos chamados piratas dos rios que atormentam a população de Ipixuna, no Alto Juruá.

 Segundo o parlamentar, a ousadia dos piratas se tornou insuportável na região, pois os assaltos acontecem em plena luz do dia e são um constante desafio à delegacia local, completamente desaparelhada para enfrentar os delinquentes que traficam drogas em conexão com grupos baseados na cidade acreana de Cruzeiro do Sul.

 Na manhã desta terça-feira (6), em audiência na Assembleia Legislativa, o vice-prefeito de Ipixuna, Altemir Saraiva (MDB), acompanhado do procurador do município, Rodrigo Saraiva, relatou a Belarmino a situação desesperadora da população ipixunense em razão da alta incidência do tráfico de drogas na região e da total ausência de estrutura do órgão policial municipal responsável pelo combate aos traficantes.

 Na ocasião, Altemir pediu a Belarmino que interceda junto ao governo pela consignação de uma lancha possante que ajude a polícia local em suas futuras operações contra os piratas. No encontro com o deputado, Altemir também solicitou sua intercessão junto a Wilson Lima pela melhoria do sistema de abastecimento de água em Ipixuna. 

 Conforme o vice-prefeito, o ideal é a construção de poços artesianos nas áreas que mais padecem com a falta d`água, como são os casos do Bairro da Várzea, Comunidade Porto Alegre, Morro dos Encarnados e Morro da Liberdade. 

 “Levarei todas as reivindicações ao governador Wilson Lima e pedirei sua especial atenção para cada uma delas, tendo em vista a urgência das demandas”, disse Belarmino.



Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Berlamino Lins
Foto: Divulgação

Nenhum comentário