ÚLTIMAS

Policiamento no fim de semana resulta em 23 presos e três adolescentes apreendidos



Neste fim de semana, em Manaus, a Polícia Militar do Amazonas prendeu 23 pessoas e apreendeu três adolescentes suspeitos de envolvimento em crimes como estupro, tentativa de homicídio, tráfico de drogas, roubo, receptação e porte ilegal de arma. Foram apreendidas quatro armas de fogo, 29 munições, 291 porções de entorpecentes e R$ 2.451 em espécie.

As prisões ocorreram em 18 bairros da capital amazonense: Cidade de Deus, Centro, Zumbi, Compensa, Tarumã, Coroado, Jorge Teixeira, Santa Etelvina, Colônia Terra Nova, Colônia Oliveira Machado, Nossa Senhora das Graças, Santo Antônio, Tancredo Neves, Mauazinho, Puraquequara, São José, Morro da Liberdade e Monte das Oliveiras.

No sábado (22/09), policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam um homem de 22 anos por tentativa de homicídio, no bairro Cidade de Deus, zona norte. De acordo com os policiais, o suspeito estava armado com um revólver calibre 38, quando efetuou disparos contra dois homens de 25 e 30 anos. A motivação do crime seria a disputa por pontos de drogas.

No bairro Tancredo Neves, zona leste, policiais militares da 30ª Cicom prenderam um homem de 34 anos apontado como autor de violência sexual cometido contra a ex-esposa dele, uma mulher de 35 anos. O suspeito chegou a ser agredido pela população e preso.

Na manhã de domingo (22/09), após receberem denúncia que um homem com destino a Tefé estaria transportando entorpecentes, um homem de 25 anos foi preso pelos policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), no Centro, com dois tabletes de maconha.

Por volta das 23h de domingo (22/09), o foragido da Justiça, Osvaldo Luiz Gato Neto, de 18 anos, foi preso na rua Costa Rica, bairro Mauazinho, quando foi constatado que ele possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo.

Estupro de vulnerável – Um homem de 65 anos foi preso em flagrante por estupro de vulnerável, na rua Lauro Bittencourt, bairro Santo Antônio, zona oeste. Em depoimento, a vítima relatou que passava em frente à casa do acusado e passou mal. O homem lhe ofereceu água e, aproveitando-se da situação, levou a vítima para o quarto, trancou a porta e cometeu a violência sexual. 

FOTOS: Divulgação/SSP-AM

Nenhum comentário