ÚLTIMAS

Governo do Amazonas fará obras de melhorias nas estruturas externas dos Residenciais do Prosamim



O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria da Região Metropolitana (SRMM) e da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), irá fazer obras de melhorias na infraestrutura dos oito parques residenciais do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) na segunda quinzena de outubro. O objetivo é fazer a correção de problemas de drenagem e microdrenagem nos parques.


Os parques previstos para receberem os serviços são os residenciais construídos nas etapas do Prosamim I e II e compreendem os Parques Residenciais Manaus e Mestre Chico, ambos localizados no centro da cidade; Residencial Gilberto Mestrinho, localizado no bairro da Cachoeirinha; Residencial Liberdade e Jefferson Peres, ambos localizados no Morro da Liberdade; Residencial Cajual, localizado no Santa Luzia; e o Parque Quarenta, localizado no Igarapé do 40.

Os parques que vão receber os serviços são os primeiros residenciais entregues pelo programa à população manauara. As demandas dessas reformas são provenientes da falta de manutenção em alguns aspectos pontuais e a outra é proveniente de como a população desses residenciais e do entorno utilizam esses espaços. E a partir do que foi apresentado nas reuniões de agentes de vizinhança e com os moradores, a UGPE dialogou com o banco financiador do programa, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e obtiveram o aval para a obtenção dos recursos para fazer as melhorias necessárias nesses residenciais.

"Com a disposição das ordens de serviços para a execução das obras, iremos realizar outras reuniões com as lideranças dos residenciais para demonstrar qual dos pleitos apresentados nos últimos anos poderão ser atendidos nessas reformas e também para comunicar que serão necessárias a correção das construções irregulares e ampliações, e o uso do espaço público de forma particular", explicou o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo.

Sensibilização - As sensibilizações sobre as reformas irão ocorrer em duas fases: A primeira será em reuniões com as lideranças para repassar as informações necessárias a esses líderes dos residenciais. A segunda fase ocorrerá com uma visita e uma abordagem de casa em casa verificando e informando junto aos moradores quais situações vão necessitar correção para a devida regularização dos apartamentos.

Serviços - As reformas vão ocorrer em três etapas. As primeiras obras irão corrigir os problemas de drenagem, pois os problemas ocasionados pela falta de drenagem geram prejuízos para os moradores dessas áreas devidos aos alagamentos. A segunda etapa das reformas visa a recuperação das áreas de convívio dos residenciais, com reformas das academias dos residenciais.

A terceira fase da reforma compreende a demolição e a remoção das construções irregulares que foram erguidas nos residenciais do Prosamim visando a regularização dos imóveis para a emissão do título de propriedade.

"As obras englobam os mesmos serviços para quase todos os parques, sendo que o Residencial Cajual já teve as obras para correção de problemas de drenagem concluídas esse ano. E o Parque do Quarenta passará por serviços de paisagismo e remoção de construções irregulares", disse o subcoordenador de engenheiro da UGPE, João Benaion.

FOTOS: TIAGO CORRÊA/UGPE

Nenhum comentário