ÚLTIMAS

“Um corpo é só um corpo”, diz atriz após foto nua na cozinha



Juliana Schalch fala dos projetos no cinema e na TV e conta que planeja ser mãe

ANNA LUIZA SANTIAGO


Juliana Schalch acaba de estrear o longa "Eu sinto muito", de Cristiano Vieira. No filme, ela interpreta uma enfermeira que sofre de Síndrome de Borderline:

- Ao ler o roteiro, eu e os outros atores do elenco vimos que é um transtorno bem próximo de nós. Há muitas pessoas que sofrem e a gente nem imagina. Minha personagem, Isabela, tem mudanças bruscas de humor. Pode estar muito feliz, mas, por causa de uma frase dita ou de alguma situação, o tempo fecha para ela. Essa tristeza muito grande pode passar rápido ou durar mais tempo, causando outros problemas. No caso da Isabela, automutilação e tentativa de suicídio. Para quem tem o transtorno, as emoções se manifestam de forma aguda. O filme se chama 'Eu sinto muito' justamente por isso.


No elenco, também estão Rocco Pitanga, Carolina Monte Rosa, Wellington Abreu e Victor Abrão, entre outros.

- O filme veio em boa hora, logo depois do Setembro Amarelo (campanha de prevenção ao suicídio). A gente tem que entender que essas pessoas precisam de acolhimento - avalia Juliana.






Além do cinema, a atriz tem projetos na TV. Ela gravou recentemente "Anjo loiro com sangue no cabelo", nova série do Canal Brasil, ainda sem data de estreia. Na trama, dirigida por Marina Meliande e Felipe Bragança, sua personagem investiga o passado da mãe, uma famosa atriz de filmes de pornochanchada:

- A série mistura suspense e drama e tem uma pitada de comédia. É uma linguagem diferente. Acho que o público vai se surpreender. Minha personagem viaja para o Rio por conta do falecimento do pai, dono de um cinema antigo. Quando chega lá, ela vai descobrindo pistas do passado da mãe, que podem ajudar a desvendar seu desaparecimento.

Recentemente, Juliana chamou a atenção nas redes sociais por razões alheias ao seu trabalho. Ela postou uma imagem no Instagram em que o marido, o ator Henrique Guimarães, aparecia nu, cozinhando. Diante da grande repercussão, a atriz publicou outra foto, desta vez dela mesma, e fez uma reflexão sobre nudez.

- Temos uma imagem sexualizada do corpo nu. Minha ideia foi tirá-lo desse contexto e mostrar que um corpo é apenas um corpo. Muita gente embarcou e entendeu o que propus. Foi uma situação inusitada na minha vida. Partiu de uma brincadeira e de repente virou uma discussão interessante - afirma.

Juliana e Henrique estão juntos há 11 anos e casados há quatro. Segundo ela, existem planos de ter filhos:

- Estamos começando a pensar. Não sei exatamente quando vai ser. O assunto está rondando, mas ainda não estabelecemos uma data.


Nenhum comentário