ÚLTIMAS

Na Alemanha, Governo do Amazonas apresenta projeto de recompensas por manter a floresta conservada



A proposta foi levada ao Ministério Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, em Bonn, pelo secretário estadual do Meio Ambiente

O Governo do Amazonas apresentou ao Governo da Alemanha, nesta quinta-feira (28/11), o projeto REDD+ Pioneiros (no inglês, REDD Early Movers - REM), a ser implementado no estado para captação de recursos por meio da conservação ambiental. A proposta foi levada ao Ministério Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ), em Bonn, na Alemanha, pelo secretário estadual do Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

De acordo com Taveira, o projeto visa recompensar o Amazonas pela conservação da floresta, uma abordagem inovadora de financiamento que tem alta visibilidade internacional. Atualmente, na Amazônia, apenas o Acre e Mato Grosso possuem programas de REM em implementação.

“A ideia principal do REDD+ Pioneiros é que os esforços de conservação do Amazonas, medidos em emissões evitadas de gás carbônico, resultem em recursos financeiros para aprimorarmos a matriz produtiva do Estado, conservando floresta, mas gerando renda para a população. Se aprovado, o REDD+ Pioneiros poderá ser um passo concreto em direção à valoração dos ativos ambientais do Estado, cumprindo a determinação do governador Wilson Lima de promover políticas que conservem a floresta e tenham impacto direto na melhoria da qualidade de vida das pessoas”, destacou o titular da Secretária de Estado do Meio Ambiente (Sema).

Captação de recursos - Como objetivo, o Amazonas visa captar recursos por meio de mecanismos de Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação florestal (REDD+) para ações de regularização fundiária, zoneamento ecológico e econômico e aprimoramento do sistema de licenciamento do Amazonas. O Estado também apresentará a demanda ao Itamaraty, para obter a aprovação do Governo Federal para que os recursos financeiros possam vir diretamente para o Amazonas.

Conservação - O Amazonas possui 97% da sua cobertura vegetal conservada. Por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), o Estado gerencia 42 Unidades de Conservação (UC), em sua maioria de uso sustentável, promovendo ações que beneficiem as populações tradicionais ao mesmo tempo em que mantêm a floresta em pé. Ao todo, são 18.907.378,34 hectares de floresta legalmente protegidos pelas UC estaduais, o que representa 12,13% da área do Estado. A obtenção de novos recursos por meio do projeto REDD+ Pioneiros apoiará a gestão e ampliação de projetos de desenvolvimento sustentável nestas áreas.

FOTO: RICARDO OLIVEIRA/SEMA

Nenhum comentário