HAPVIDA

ÚLTIMAS

Jovem é mantida em cárcere e torturada pelo namorado na virada de ano

Na manhã desta quarta-feira (1º), jovem de 18 anos procurou a polícia em Dourados, município a 225 quilômetros de Campo Grande, para denunciar o namorado de 23 anos por violência doméstica. Ele tentou atropelar a jovem e depois a manteve em cárcere no que teria sido uma sessão de tortura.

Segundo relato da vítima, ela namora há sete meses com o rapaz e já teve brigas com ele. Ela também contou que já foi agredida várias vezes com empurrões, tapas, chutes e até mesmo enforcamento. Além disso o rapaz ainda a xinga. O casal estava morando junto e o rapaz já teria retirado alguns pertences da residência.

Após insistência dos familiares da vítima o casal acabou passando a virada de ano junto. Após a meia-noite a jovem decidiu ir embora e avisou o rapaz que iria até o centro e depois voltaria sozinha para casa. Ele ligou várias vezes para ela a acusando de estar com outro homem. Quando a vítima voltava para casa, foi abordada pelo namorado, que estava de motocicleta.

O rapaz subiu no canteiro e tentou atropelar a vítima, acelerando e ameaçando. Ele chegou a descer do veículo e a agredir com tapas e empurrões. Já na casa, o rapaz a manteve trancada, apertava os braços da vítima, queimava com faca quente, a enforcou e chegou a colocar uma toalha na boca da jovem tentando sufoca-la.

A vítima tinha várias lesões pelo corpo e contou que o rapaz chegou a ameaçar soltar o gás e colocar fogo na casa. “Você não passa de hoje”, ele teria disso para a vítima. O suspeito só foi embora por volta das 6 horas e a vítima conseguiu procurar a polícia. O caso é tratado como lesão corporal dolosa e ameaça qualificados por violência doméstica e cárcere privado.

Por: Média Max

Nenhum comentário