ÚLTIMAS

FPF Tech mobiliza esforços no desenvolvimento de um novo ventilador mecânico hospitalar para auxiliar pacientes diagnosticados com a COVID-19

Parceria entre FPF Tech, INDT, Hospital Samel e Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM) contribui para o desenvolvimento do equipamento de baixo-custo e funcional para auxiliar pacientes com dificuldades respiratórias. O objetivo é a produção em grande escala em Manaus

Engenheiros da FPF Tech estão unidos a uma equipe multidisciplinar de médicos e pesquisadores para desenvolver um protótipo de ventilador mecânico hospitalar de baixocusto e funcional, que possa ser produzido em grande escala e usado por pacientes com dificuldades respiratórias, durante o tratamento da COVID-19. O protótipo está sendo desenvolvido com componentes acessíveis e fáceis de serem encontrados, e a iniciativa conta com o apoio do Hospital Samel e do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM), além da colaboração direta de empresas como a da Jabil do Brasil Indústria Eletroeletrônica Ltda. e do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT).
Cerca de 5% das pessoas infectadas pelo novo Coronavírus apresentam sintomas mais graves e necessitam de internação hospitalar para cuidados intensivos. O ventilador mecânico é um elemento fundamental na estruturação de uma unidade de tratamento intensivo (UTI), pois auxilia estas pessoas a respirarem artificialmente, através do bombeamento de oxigênio. Os protótipos desenvolvidos complementam os modelos presentes nos hospitais de Manaus, em quantidade limitada, garantindo amplo atendimento, caso o número de pessoas infectadas pelo Coronavírus continue aumentando nas próximas semanas.
De acordo com Luís Braga, diretor executivo da FPF Tech, o objetivo é desenvolver um aparelho seguro e apto a salvar muitas vidas, neste momento tão delicado. “Nossos melhores engenheiros e pesquisadores estão integrados a uma equipe médica especializada para desenvolver um ventilador mecânico eficiente e de baixo-custo para produção em grande escala. Somos focados na responsabilidade social e acreditamos que é papel de todos encontrar meios de ajudar a vencer a essa crise, bem como, salvar vidas. Sendo assim, queremos e faremos a nossa parte através desse projeto”, ressaltou.
O aparelho está passando por uma série de testes e validações, de acordo com as etapas de desenvolvimento, para garantir a segurança, eficiência e elevados padrões de qualidade exigidos, especialmente pelos riscos envolvidos. Nesse momento do projeto, o aparelho está em fase de nova funcionalidade, como explica Braga. “Inicialmente, o paciente precisaria se adaptar aos movimentos do ventilador. Modificamos essa dinâmica para que o aparelho se adapte à necessidade de respiração do usuário”, finalizou.
Em Manaus, várias empresas, instituto de pesquisas, universidades e outros agentes, estão atuando em parceria nesse momento de crise, como comenta Wilson Périco, presidente do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM). “Estamos todos empenhados, SENAI, FPF Tech, UEA, para termos o ventilador do Amazonas em totais condições de funcionamento para que possa ser produzido. A sociedade reconhece e agradece a todas as instituições envolvidas pelo espírito solidário, pelo envolvimento e colaboração. Vai dar certo!”.



Sobre a FPF Tech
A FPF Tech é uma instituição de Ciência e Tecnologia sem fins lucrativos, focada na pesquisa e no desenvolvimento de serviços, soluções inovadoras e cases de sucesso nos núcleos estratégicos de Capacitação Tecnológica, Design Digital e Usabilidade, Dispositivos Móveis, Pesquisa e Inovação Tecnológica, Saúde e Medicina do Trabalho, Sistemas Eletrônicos, Soluções Industriais, Tecnologias Assistivas, Verificação e Validação.

Nenhum comentário