ÚLTIMAS

'A verdade sempre aparece', rebate Patrícia Marx após polêmica com Xuxa








 Na semana passada, Patrícia Marx iniciou uma polêmica ao ser entrevistada pelo crítico e pesquisador musical Ivisson Cardoso, dono do projeto Meu Caro Vinho, em seu Instagram.

 Na ocasião, ela fez comentários irônicos a respeito da voz de Xuxa em seus álbuns, lançados entre o fim dos anos 80 e começo dos anos 2000, dizendo que ela "gemia" e a acusando de copiar seu estilo. A história reacendeu um antigo boato de que foi Patrícia quem gravou a voz-guia nos álbuns da Rainha dos Baixinhos.

 Também através de suas redes sociais, Xuxa lamentou os comentários depreciativos de Marx. "Ela tem uma voz linda, nunca poderia imitá-la... Ela já colocou a voz guia pois as músicas do Trem da Alegria já vinham com as vozes do grupo (que ela participava) e sim, eu chorava (e não gemia) desde o primeiro disco (Xuxa e seus amigos), onde Patrícia nem era cantora, o que me deixa triste é que eu sempre gostei dela, admirei seu talento e a ajudei no que pude... Que pena essa atitude feia... Mais uma decepção", lamentou a loira.

 Na tarde de hoje (11), Patrícia Marx contra-atacou e respondeu ao comentário de Xuxa. "Economizem as lágrimas e a euforia para quando meu livro sair. Muitos castelos vão desmoronar. A verdade sempre aparece. Xuxa e eu fomos amigas numa fase em que eu interessava para o momento de todos. Tão logo, fui substituída por outras 'amizades' circunstanciais", acusou.

 "Sempre fui grata SIM a você, @xuxamenegheloficial, e tenho certeza que não foi você quem escreveu esse texto aí, por que você nunca mais respondeu às minhas mensagens. Não seria agora que você se incomodaria comigo. Temos coisas mais importantes a fazer, né miga?", ironizou Marx.




Fonte: Portal UOL
Foto: Divulgação

Nenhum comentário