ÚLTIMAS

OMS suspende testes com hidroxicloroquina contra a Covid-19

Organização coordena ensaio com pesquisadores de 100 países, inclusive brasileiros. Suspensão ocorre depois que estudo com 96 mil pacientes não viu efeito contra coronavírus e apontou maior risco de morte.
Por G1

25/05/2020

OMS anuncia a suspensão dos testes com hidroxicloroquina para tratar a Covid-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) suspendeu nesta segunda-feira (25) o uso da hidroxicloroquina em pesquisas que ela coordenava com cientistas de 100 países.

A suspensão temporária foi tomada até que a segurança da droga seja reavaliada, já que estudos recentes mostraram que ela não é eficaz contra a Covid-19 e pode aumentar a taxa de mortalidade.

Pesquisa com 2,5 mil pacientes em 13 hospitais nos EUA não vê eficácia da cloroquina contra a Covid-19
Estudo com 96 mil pacientes não encontra benefício de uso de cloroquina contra Covid-19
Sociedade Brasileira de Cardiologia diz que não recomenda cloroquina, mas vai ajudar a monitorar efeitos colaterais com eletrocardiograma
A OMS diz que estão mantidos os demais testes dentro da iniciativa internacional batizada de "Solidariedade". Além do medicamento agora vetado, os pesquisadores ainda avaliam em pacientes o resultados de três tipos de antivirais e de um remédio usado para tratar esclerose múltipla (leia mais abaixo).

De acordo com a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, a cloroquina não é usada nos testes da iniciativa Solidariedade. Tanto a cloroquina quanto a hidroxicloroquina usam o mesmo princípio ativo, mas a cloroquina é considerada potencialmente mais tóxica. A hidroxicloroquina, composta por uma versão "atenuada" da substância, é considerada mais segura e é usada em tratamentos de longo prazo.


Nenhum comentário