ÚLTIMAS

Prefeito é afastado por descumprir o próprio decreto contra covid-19


Ministério Público denunciou que o chefe da administração pública de Itaverava (MG) estaria estimulando a reabertura do comércio na cidade

O prefeito de Itaverava, a 120 km de Belo Horizonte, foi afastado do cargo por 60 dias por descumprir o próprio decreto para combater a covid-19 na cidade.

A decisão atendeu um pedido do MPMG (Ministério Público de Minas Gerais), que denunciou que José Flaviano Pinto estaria incentivando a reabertura de lojas, enquanto uma determinação da prefeitura proibia o funcionamento dos estabelecimentos.

“Para a Promotoria de Justiça, na prática, o Decreto Municipal nº 19/2020 está vigendo apenas para enganar o MPMG, enquanto o prefeito trabalha para o descumprimento da própria norma municipal, colocando em risco a vida e saúde de toda a população de Itaverava e região, e em iminente colapso o sistema regional de Saúde que atende mais de 790 mil pessoas, diante da disseminação descontrolada da doença no município”, alegou o MPMG.

A reportagem tenta contato com a defesa do prefeito e da administração pública.



Nenhum comentário