ÚLTIMAS

Apps “auge” da quarentena

A nova geração quarentenes tik tok 

Já se foram 3 meses de quarentena, e a galera busca diversas distrações para se divertir, enquanto o tempo passa. Que bom que temos a tecnologia a nosso favor! Com variadas opções de apps para entretenimento.

Além dos apps mais usados como: Instagram, Facebook, Twitter, WhatsApp, agora tem a “febre da pandemia” o famoso Tik tok. Em 2019, foi o segundo aplicativo mais baixado do mundo, com 738 milhões de downloads, segundo a consultoria especializada Sensor Tower. Apenas o WhatsApp o superou. Em 2020, enquanto a pandemia se espalha, a rede social dedicada a vídeos curtos alcançou a liderança do ranking. No Brasil, onde ainda não é tão popular quanto na China e nos Estados Unidos, já são mais de oito milhões de usuários.

Famosos, anônimos, pessoas sérias, pessoa não tão sérias, todas estão entrando pra família “tik toker” enquanto  permanece a pandemia 

O que torna o Tik Tok tão especial 
Em meio ao vasto cardápio de redes sociais? Assim como no Twitter, Instagram e Facebook, qualquer pessoa pode se cadastrar gratuitamente, seguir, ser seguida, curtir e compartilhar conteúdos. A diferença é o foco: vídeos de menos de um minuto de duração. Ainda que outros aplicativos tenham função parecida, o Tik Tok permite efeitos como dublar uma canção de fundo, entre outros recursos de edição, tornando-o particularmente interessante para a produção de conteúdos ligados à música e à dança.

A interação entre os usuários é realizada por “desafios”  criados e compartilhados entre eles. São coreografias e dublagens criadas da forma mais criativa o possível, que viram correntes e os conteúdos viralizam na rede. Conteúdos que promovem não só os famosos, como as pessoas anônimas ao estrelato. 


Texto: Nathalia Barroso 
Foto: ilustração 

Nenhum comentário