ÚLTIMAS

Brasil chega ao terceiro mês de pandemia com 32.548 óbitos e sem ministro da saúde



Cenário de tristeza! Hoje, o ministério da saúde registra 32.548 mortos. Foram 1349 mortes em 24h, praticamente uma em cada minuto. 

O País bate o maior número desde o início da pandemia. Com a letalidade de 5,6% e mortalidade de 15,5%. O que representa  8,3% das mortes ocorridas por covid no mundo todo. Ainda, de acordo com a pasta, o número de recuperados chega a 238.617. Equivalente a 40,9% dos pacientes. É número louvável, mas não podemos dispersar do índice de gravidade que ainda estamos vivendo.

São 1349 família que poderão sofrer com a partida de seus entes queridos, sem podê-los enterra-los. Após um pedido de conforto para as famílias enlutadas, na terça feira, o presidente Bolsonaro declarou “ A gente lamenta a todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”.

Que possamos ter sentimentos por essas famílias que tiveram suas perdas e lembrar que não são apenas números, são pessoas que são amadas por outras pessoas e que tiveram uma história. 



Por: Nathalia Barroso 
Foto: Reprodução 

Nenhum comentário