ÚLTIMAS

Vista-se de si e descubra o poder da sua imagem para vencer tempos de crise








 A escritora Jhanne Pires em seu novo livro ‘Vista-se de si’ traz dicas de como usar o poder da sua imagem para o enfrentamento dos males a partir da autoestima como fator de blindagem.

 Neste momento em que o mundo todo se encontra em situação de confinamento, restrições e adiamento de planos e metas, como se o ano já estivesse perdido devido à pandemia da covid-19, vozes que ecoam na contramão da crise se levantam na internet com mensagens de esperança, empoderamento e apontando caminhos para dias melhores mesmo em meio à crise.

 Uma destas vozes que tem ajudado milhares de mulheres a se redescobrir através do poder da autoimagem e da autoestima como ferramenta para enfrentamento dos males é a escritora, designer e mentora de consultoras de imagem e moda Jhanne Pires, que acaba de lançar o seu mais novo livro, ‘Vista-se de Si - Descubra o poder da sua imagem’ pela editora Literale Books.

 O livro compila dicas valiosas do seu método/conceito Vista-se de Si, que tem feito a diferença na vida de pessoas no Brasil e no mundo todo através da consultoria prestada pela escritora: “O Vista-se de si é um conceito, uma opção de vida que permite alcançar uma vida plena. Esta é a única metodologia do mundo que ajuda a mulher a ter sua imagem bem representada em cada área da vida relacionando dois pilares estratégicos: imagem e comportamento. Imagine seu espelho mostrando exatamente a mulher poderosa que você é. Imagine fazer as pazes com ele e o closet. Tudo isso é possível e isto se reflete positivamente em tudo que fazemos.”


 Sete dicas para mudar o rumo da sua vida durante a quarentena

 O livro é resultado de anos de pesquisa da amplitude da relação imagem versus comportamento no Brasil e no exterior, esmiuçando áreas como produção de imagem, visagismo, modelagem computadorizada, consultoria e coaching e contém orientações valiosas sobre a essência da mulher, estilos, harmonização de cores, looks, maquiagem, e outros temas, sempre com base em pesquisas ou experiências bem-sucedidas geradas por sua metodologia.

 Confira agora algumas das dicas do livro Vista-se de Si para mudar o rumo da sua vida desde já, mesmo durante a quarentena:

 1- Erga a cabeça e busque força interior

 Equilibre razão e emoção. Procure exemplos positivos e vitórias. Não se permita guiar apenas pelo que diz a mídia e as notícias negativas.

 2- Pare de se lamentar e vá à luta

 Faça como as mulheres que em vez de se lamentar estão aproveitando o momento da pandemia para se redescobrir e explorar novas possibilidades, fazer cursos online e aprender coisas diferentes.

 3- Dê o máximo de si no trabalho durante a pandemia

 Oriente-se pelo exemplo de quem continuou a agir e a caminhar na direção dos seus sonhos e metas mesmo durante a pandemia da covid-19.

 Nada de fazer as coisas relaxadamente, sem capricho e culpar as circunstâncias pelos resultados não alcançados. Não se conforme com a lei do mínimo esforço.

 4- Não se conforme em ficar parada

Com ou sem pandemia, a pior decisão que você pode tomar é nenhuma decisão, é se esquivar e decidir não fazer nada. Não caia na armadilha de ficar em cima do muro.

 5- Aprenda a ser feliz consigo mesma

Muita gente busca a plenitude e a felicidade no outro. Aprenda a ser feliz consigo mesma, com você e para você, que é a proposta central do Vista-se de si.

 6- Vista-se de si em diversos ângulos

Dispa-se do estresse, da prostração e do pessimismo. Vista-se de alegria, entusiasmo, auto estima, humor e muitos sonhos.

 7- Faça uma agenda de looks com propósito mesmo trabalhando em casa

 Separe uma roupa que tenha uma comunicação adequada com tudo aquilo que você vai resolver relacionado a trabalho, mesmo que seja a partir de casa ou por telefone sem que ninguém esteja vendo. A roupa nos proporciona uma emoção e a gente consegue transmitir o que está sentindo quando veste aquela roupa mesmo que ninguém nos veja. Continue se arrumando e se produzindo mesmo sem sair de casa, não deixe de fazer uma agenda de looks para usar.

 Esta é uma oportunidade de ouro para entender que a roupa pode ser usada para ter experiências, de usar a roupa para si mesma e desfrutar disso, que seja para a própria pessoa e não como mera ferramenta de marketing, correndo o risco de perpetuar o hábito de se vestir para o outro. Portanto, mesmo em casa, use a roupa para ter experiências realizadoras.

Fonte e Foto: Divulgação

Nenhum comentário