| Foto: Divulgação

Manaus –  Jurema Franciele Martins, 34, e Patrick Ferreira foram baleados em frente a uma Funerária situada na Rua Major Gabriel, Centro de Manaus, na noite desta segunda-feira (19).

A motivação do crime pode ser uma disputa judicial por conta de uma rede de funerárias da cidade. Um dos suspeitos de efetuar os tiros, um tenente-coronel da reserva, é sócio de uma das unidades, mas acabou rompendo relações com o outro sócio.

O veículo em questão pertenceria à Jurema, mas estava em posse do militar que não queria devolver. Após um oficial de Justiça determinar ao PM que devolvesse o veículo à Jurema, houve uma briga e os disparos.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil que irá apurar as circunstâncias do tiroteio.