TCE


De acordo com Fabio Wajngarten, a família tinha ido pescar às 5h da manhã, antes de qualquer notícia

 

Fabio Wajngarten, advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou nesta segunda-feira (29/1) no X (antigo Twitter) que Bolsonaro e os filhos teriam saído de lancha para pescar às 5h da manhã, antes da operação da Polícia Federal que teve Carlos Bolsonaro como um dos alvos. A casa Angra dos Reis, onde a família está, também foi alvo de mandado de busca e apreensão.

O vereador do Rio é suspeito de ter recebido informações de Alexandre Ramagem (PL), que era diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) no governo Bolsonaro. Ramagem também foi alvo da operação na quinta-feira (25).

No X, Wajngarten afirmou ainda que, ao contrário do informado, a PF não encontrou nenhum computador na residência de Carlos Bolsonaro. Mais cedo, a Polícia Federal teria apreendido um notebook da Abin em um dos endereços ligados ao vereador.

Nesta segunda foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, sendo cinco deles em endereços no Rio de Janeiro. A informação sobre a apreensão do computador foi publicada pelo g1 e confirmada pelo Correio junto a fontes da operação. A suspeita é de que a estrutura da Abin tenha sido usada para a disseminação de informações falsas e ataques contra opositores do Executivo.

Fonte: Correio Braziliense

Foto: Divulgação