Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) homenageou o juiz Flávio Henrique Albuquerque de Freitas com Título de Cidadão do Amazonas na manhã desta sexta-feira (12), no plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). O autor da honraria ao magistrado foi o deputado estadual João Luiz (Republicanos).

“O doutor Flávio fez trabalhos relevantes aqui no Estado do Amazonas, tanto na capital, quanto no interior do Estado. O juiz fez um belo trabalho nas comarcas de Guajará, Itamarati e dentre outras. Também realizou vários programas que minimizaram o sofrimento das pessoas. Essa é uma justa homenagem de conceder ao doutor Flávio, o Título de Cidadão do Amazonas e reconhecer a dedicação do juiz ao Estado”, disse o deputado João Luiz.

O juiz Flávio Henrique afirmou que ficou lisonjeado com a homenagem. “Atualmente estou em Brasília, pois estou auxiliando a ministra do STM (Superior Tribunal Militar), mas também desenvolvo meu trabalho de juiz na Vara Especializada de Trânsito. Eu estou muito feliz. O significado dessa homenagem para mim é sentir-se recepcionado com amor pela terra que você vive, que você se doou o tempo e trabalho”, frisou o magistrado, que também durante o discurso na tribuna da Aleam se emocionou ao falar da trajetória de trabalho e da família.

Os deputados Wilker Barreto, que subscreveu a homenagem na Casa Legislativa e Delegado Péricles parabenizaram o juiz do Tribunal de Justiça do Amazonas pelos belos trabalhos desenvolvidos no Estado do Amazonas.

Para o desembargador do TJAM, Flávio Humberto Pascarelli essa é uma homenagem muito justa e merecida. “O Flávio já era uma amazonense substancialmente falando, então, a Assembleia Legislativa só está formalizando essa condição, mas ele tem um trabalho muito bom não só no interior, mas em Manaus. Essa homenagem a ele é para todo o Poder Judiciário”, destacou o desembargador.

De acordo com o delegado Rodrigo de Sá Barbosa, diretor do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), que representou o Governador Wilson Lima, o juiz Flávio Henrique desenvolve um belo trabalho na magistratura amazonense. “Em nome do governador quero lhe parabenizar pela homenagem merecida”, concluiu Barbosa.

Autoridades
Também participaram da solenidade a desembargadora Nélia Caminha Jorge, corregedora-geral de Justiça do Amazonas, a ministra do STM Maria Elizabeth Rocha, Dr. Nicolau Libório Filho, subprocurador do Ministério Público, conselheira Tânia Regina, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ivison Coelho e Silva, procurador-geral de Manaus, defensor público Thiago Rosas, subdefensor da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Jean Pierre, procurador-geral do Estado de Roraima, desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva, do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, procuradora Fabíola Bessa do Ministério Público do Trabalho (MPT), Dra. Renata Gil, presidente da Associação dos Magistrados do Brasil, presidente Luiz Márcio da Associação dos Magistrados do Amazonas e o presidente da Ordem dos Advogados no Amazonas, Marco Aurélio Choy.

História
O juiz Flávio Henrique nasceu em Boa Vista, capital do estado de Roraima, morou em Alagoas, onde concluiu a faculdade de Direito, depois trabalhou em Minas Gerais, Sergipe e em Roraima, sua terra natal, depois mudou-se para o Amazonas em 2017. O trabalho de levar ao conhecimento dos jovens e da população ribeirinha sobre o funcionamento do poder judiciário, como um “professor voluntário”, fez do juiz um nome de destaque no Estado. O magistrado é juiz titular da Vara Especializada em Crimes de Trânsito e juiz auxiliar do STM.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. João Luiz

Foto: Divulgação