Os discentes da Escola Superior de Ciências Sociais (ESO) da UEA não conseguiram votar nas primeiras horas de votação para escolher os futuros reitor e vice-reitor da instituição, nesta quarta-feira (23/03).

Ao contrário do que foi definido pela Comissão Eleitoral da UEA, que bastava ser apresentado um documento oficial com foto e o número do CPF para votar, as urnas destinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) solicitam a apresentação do título de eleitor para os alunos.

Como essa informação não foi divulgada, os alunos não puderem exercer naquele momento o direito de escolha dos novos dirigentes da instituição. A Chapa 19 adotou os procedimentos cabíveis e o problema está sendo corrigido pelo TRE, garantindo a livre manifestação dos discentes. O pleito ocorre nas unidades da UEA da capital e do interior do estado até às 20h.