Manaus – A Amazon está enfrentando escassez de mão de obra nos Estados Unidos, é o que revela um memorando da companhia divulgado pelo site norte-americano Vox.

O documento foi embasado por uma pesquisa interna e afirma que a empresa enfrenta uma crise trabalhista, que é iminente em alguns locais dos Estados Unidos, como Phoenix, Arizona e a região do Inland Empire, na Califórnia.

Segundo o memorando, é esperado que a mão de obra no sul da Califórnia se esgote até o fim deste ano.

Para contornar a crise, a companhia adotou algumas medidas, que incluem o aumento dos salários de determinados cargos e a automação de alguns armazéns, considerados estratégicos pela empresa.

A publicação ainda afirmou, com base no relatório, que, “se as vendas continuarem no mesmo ritmo, a Amazon vai esgotar a oferta de mão de obra disponível dos EUA até 2024”.