Em reunião do Mercosul, com a participação dos chefes de Estados dos países que incorporam o bloco, Jair Bolsonaro (sem partido) cumprimentou o presidente da Argentina, Alberto Fernández, com uma brincadeira relacionada ao maior clássico do futebol sul-americano.

“A única rivalidade entre nós ocorrerá no próximo sábado, no Maracanã”, disse o presidente brasileiro, referindo-se à final da Copa América que será decidida entre os dois países. “E vou adiantar o resultado: 5 x 0 para o Brasil”, completou.

A cúpula de chefes de Estado do Mercosul, Países Associados e Convidados Especiais ocorreu nesta quinta-feira (8/7), em evento virtual organizado para a Argentina fazer a transferência oficial da presidência semestral para o Brasil. Apesar da descontração do comentário relacionado à Copa América feito por Bolsonaro, o presidente brasileiro criticou o semestre gerido pelo presidente argentino, que defende uma agenda mais protecionista no bloco.

Bolsonaro defende a flexibilização das regras atuais que estabelecem que todos os países precisam negociar em conjunto e aprovar as decisões por consenso entre os quatro fundadores: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Com informações via Correio Braziliense
Foto: Divulgação