TCE


Após indicativo do deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), deu início nesta segunda-feira, 13/11, aos serviços de pavimentação, infraestrutura e sinalização em 22 ruas da Comunidade Coliseu, Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

Realizada com recursos oriundos do governo estadual e emendas parlamentares, as obras irão demandar investimentos na ordem de R$ 12,6 milhões e devem durar 60 dias. A ordem de serviço foi lançada pelo governador Wilson Lima.

“Como muitos bairros de Manaus, a Comunidade Coliseu também foi fruto de invasão, se consolidou, e, no entanto, os serviços básicos nunca chegaram da forma devida. Desta vez, procuramos o governo do Estado e prontamente fomos atendidos. Levamos ao governador emendas nossas e dos demais deputados para somar com os recursos estaduais para atender essa comunidade que agora, finalmente, vai ter acesso à infraestrutura básica”, comemorou o deputado.

Neste primeiro momento serão realizados serviços que incluem nova pavimentação asfáltica, calçamento e sinalização em 22 ruas da etapa 1 da Comunidade Coliseu.

Moradora da área TV há cinco anos, Deise de Souza, 36, comemorou a chegada dos serviços. “Fico feliz de estarmos sendo beneficiados com essa ação. Agora meus filhos vão poder sair sem pisar na lama. Com as ruas asfaltadas, vamos poder ter nosso próximo ganho que é uma linha de ônibus”, disse a dona de casa, mãe de seis filhos.

De acordo com o governador Wilson Lima, o “Asfalta Amazonas” chega em localidades até então desassistidas.

“Executivo e Legislativo unidos podem fazer muito mais por Manaus e, essa obra, é mais uma prova disso. O presidente Cidade nos falou que havia emendas e que poderíamos somar pelo bem de Manaus. O Asfalta Amazonas não se sobressai ao Asfalta Manaus, mas chega pra somar e concretizar ações em localidades que precisam da nossa atenção”, afirmou o governador.

Dividida em etapas I, II e III, a Comunidade Coliseu abriga mais de 20 mil pessoas e possui cerca de 15 anos de existência.