TCE


O “Big Brother Brasil 24”, da TV Globo, mal começou e já tem um vilão? Pois bem, o cantor Rodriguinho, que faz parte do Grupo Camarote, e fez sua história na música no grupo Os Travessos, tem chamado a atenção por conta de suas colocações um tanto quanto polêmicas.

Ele andou criticando o corpo de Yasmin Brunet, disse que as canções de Taylor Swift “é música de branco”, atacou Isabelle, entre outras ações consideradas negativas. Relembre todas!

A pedido de OFuxico, a Imperatriz do Tarot usou as cartas para ver as energias do famoso dentro do “BBB24” e acabou fazendo um alerta para a celebridade.

“Territorialista e com a energia do Imperador, Rodriguinho corre o risco de se tornar soberbo e o ‘dono da razão’, o que pode acabar com sua estratégia de jogo”, contou a Imperatriz.

Confira:

@ofuxico.oficial

Thaís Fersoza dá um recado certeiro para Maycon de suas falas sobre Yasmin Brunet. #bbb24 #bbb #bigbrotherbrasil #maycon #yasminbrunet #thaisfersoza #edgama

♬ som original – OFuxico

 

O cantor, compositor e produtor Rodriguinho nasceu em Bauru, em São Paulo, e tem 45 anos. Começou na música aos 10 anos, no grupo infantil Toca do Coelho. Mais tarde, entrou para Os Travessos e ficou nacionalmente conhecido pelos sucessos da banda nos anos 1990. Passou pela morte do pai dias antes de estourar no cenário musical. Em 2004, deixou o grupo para seguir carreira solo. A partir de então, lançou diversos álbuns e gravou DVDs. Graças à carreira, também teve a oportunidade de viver experiências em outras áreas, incluindo a participação em um dos filmes da Xuxa e na novela ‘O Clone’. “A única coisa que faltava na minha vida era um reality show”, destaca.

Casado, Rodriguinho tem cinco filhos e duas netas. Apesar de sua profissão colocá-lo sempre em ambientes muito agitados, ele diz gostar mesmo é de ficar em casa. “Sou muito caseiro. Se não estou fazendo show, estou em casa. Até o estúdio é dentro da minha casa”, comenta. Calmo, porém bastante sociável: é como se apresenta o cantor. “Quando criança, eu era o organizador de festas, sempre fui o produtor da galera. Adoro fazer amizades”, diz ele, que também aponta que é sincero, mas que consegue falar o que quer sem ofender. Afirma, no entanto, que não lida bem com quem quer sempre ser o centro das atenções.

 

 

Fonte: O Fuxico

Foto: Divulgação