TCE

Um homem, 37, foi preso, na terça-feira (14), após agredir o próprio sobrinho, um bebê indígena de nove meses, com uma tora de madeira. O crânio da criança ficou exposto e se rosto desfigurado no

De acordo com a delegada Grace Jardim, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de São Gabriel da Cachoeira, a equipe policial recebeu a denúncia, na terça-feira, de que o bebê estava internado em estado grave na unidade hospitalar do município.

“Juntamente com o Conselho Tutelar, constatamos o fato. O bebê foi lesionado gravemente no crânio e estava com o rosto desfigurado. Ouvimos a mãe e ela nos informou que o tio da vítima seria o autor do crime”, disse.

Conforme a delegada, o homem ingeriu bebida alcoólica em excesso e discutiu com a mãe da criança. Ele tentou agredi-la, mas como não a alcançou, jogou uma tora de madeira que acabou acertando a vítima.

“Nos dirigimos ao sítio onde o indivíduo estava e o conduzimos para a delegacia, onde ele confessou a prática criminosa e disse que o objetivo era ferir a mãe do bebê”, relatou a delegada.

Ainda segundo a delegada, o homem também é suspeito de abusar sexualmente de seu outro sobrinho, uma criança de 3 anos.

“A Polícia Civil, por meio da DEP de São Gabriel da Cachoeira, coloca-se à disposição de qualquer denúncia de crimes contra crianças, adolescentes, idosos e mulheres”, enfatizou Grace Jardim.

O homem responderá por lesão corporal grave e ficará à disposição da Justiça.