A iniciativa é feita em parceria com o Detran-RJ

O Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda (HMMABH), localizado na região central do Rio de Janeiro, é a primeira unidade da rede municipal de saúde da cidade a garantir cidadania e segurança aos bebês nascidos no local. Segundo informou hoje (4) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS Rio), os bebês já sairão da maternidade com carteira de identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF), além da certidão de nascimento.

A iniciativa é feita em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ) e objetiva garantir cidadania aos recém-nascidos da unidade, além de diminuir a burocracia na retirada de documentos essenciais.

O posto do Detran na maternidade foi inaugurado na manhã de hoje pelo diretor de Identificação Civil do órgão, Pedro Thompson, e pela subsecretária de Atenção Hospitalar, Urgência e Emergência (Subhue) do município, Teresa Navarro. O serviço vai atender aos pais dos recém-nascidos e emitir os documentos. As mães que não tiverem certidão de nascimento ou carteira de identidade também serão atendidas pelo programa gratuitamente.

Teresa Navarro afirmou que os documentos garantem a segurança da criança em diversas situações, como a identificação em caso de desaparecimento, por meio do registro da digital, por exemplo, que fica cadastrada no banco de dados do Detran-RJ.

A diretora do HMMABH, Ana Murai, destacou a importância da humanização no atendimento prestado pela unidade. “A Maternidade Maria Amélia é uma unidade de referência em humanização do atendimento à gestante e ao recém-nascido. Em 2021, foram realizados mais de 4,1 mil partos. Trabalhamos todos os dias para garantir uma assistência acolhedora e de qualidade e nos sentimos responsáveis por todos os bebês que nascem aqui. A identificação faz parte do direito à cidadania, que deve começar no nascimento’’, observou Ana.

Nascida em 31 de março deste ano, Giovanna foi a primeira bebê a utilizar o serviço no HMMABH. Seu pais, Lauane Borges e Dário Francisco, agradeceram a iniciativa: ‘’É muito importante ter carteira de identidade e minha filha já está saindo da maternidade com os documentos”, disse o pai.

 

Fonte: Agencia Brasil

Foto: Edu Kapps