Após sua saída da casa do “BBB 22” (TV Globo), Brunna Gonçalves, 30 anos, começou a entender o motivo de sua eliminação. Pelo menos é isso o que a dançarina apontou em entrevista ao PodDelas. A esposa de Ludmilla acredita que sofreu uma ‘sabotagem’ por parte da Globo, o que acabou fazendo com que ela fosse considerada ‘planta’ no jogo.

“Fui para lá para contar a minha história, mas fui um pouco sabotada, a edição me deu uma cortada. As pessoas falavam assim: ‘Brunna, você faz tanta coisa’. Teve uma festa que fiquei muito bêbada, eu e Eslô demos cambalhotas na sala inteira, várias coisas que fazia e falava, não mostravam nada”, conta a ex-sister.

Brunna diz que só entendeu o motivo de sua eliminação após deixar a casa mais vigiada do país. “Não entendia o porquê, mas aí depois fui entender que eu era a planta do programa. Então, eles editavam o programa conforme a música. Ia ser muito estranho se chegasse lá e mostrasse uma coisa que não, não dá para sustentar”, explica.

Entretanto, Brunna também não vê problemas em carregar a fama de planta: “O Big Brother é feito de personagens, tem o vilão, o mocinho, a planta, e calhou de ter pego esse personagem. Tá tudo bem, não ligo. Fiz várias brincadeiras sobre isso nas minhas redes sociais”, reforça.

A dançarina diz que as semanas que passou no confinamento do “BBB” já foram suficientes para que mudanças em sua vida pessoal acontecessem.

“Eu sou outra pessoa, eu consigo falar mais com o meu público, me expressar mais. Eu dou valor, dou valor até a um relógio de pulso pra você ver a hora, porque lá a gente não tem noção de nada. Mudou também o jeito que eu me relaciono com as pessoas, porque eu também tinha esse bloqueio de me abrir, de conversar… Eu sou muito fechada e lá no Big Brother eu vi que não tem como. O programa é para criar relações e eu tinha um bloqueio, aí o que eu ia fazer? Isso para mim é muito mais do que R$1,5 milhão”, declara.

Fonte: www.uol.com.br

Foto: Reprodução/Globoplay