Manaus/AM – Começa hoje (2), a partir das 9h, o julgamento de Ivan Rodrigues Chagas, suspeito de matar a própria esposa, Jerusa Nakamine, com 18 facadas na casa onde moravam no Conjunto Campos Elíseos, em 2018.

O julgamento acontece no Fórum Henoch Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul e será presidido pela juíza Ana Paula de Medeiros.

Essa é a quarta vez que a Justiça vai tentar julgar Ivan. Na primeira, ocorrida no dia 28 de janeiro de 2020, Ivan Chagas chegou a ser levado a júri popular, mas no segundo dia dos trabalhos um dos jurados passou mal, precisou ser socorrido e levado ao pronto-socorro.

Na segunda tentativa uma nova sessão foi marcada para 19 de março seguinte. No entanto, em razão da pandemia, o julgamento foi adiado.

Novamente a sessão foi remarcada para o dia 20 de setembro, mas o réu estava em tratamento de saúde e alegou que não teria condições de participar do julgamento naquele dia.

Semanas depois, ele foi visto passeando em shoppings e em ruas de Manaus e por conta disso, a Justiça ordenou uma nova data para que ele se apresentasse.

A expectativa da família é que dessa vez Ivan seja julgado e condenado pelo crime.

O homem confessou a morte de Jerusa e disse que a assassinou por ciúmes e para ficar com todo o patrimôniop deles. Os dois estavam em processo de separação.