Celso Portiolli pediu licença de um ano do SBT e vai deixar a emissora com um dos maiores desfalques da sua história desde a saída de Gugu Liberato e Hebe Camargo. Segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles, o sucessor natural de Silvio Santos quer tirar o ano sabático em 2026 para cuidar da família e se dedicar aos estudos.

Tido como sucessor natural de Silvio Santos, Portiolli nunca fez algo parecido desde sua estreia em 1996.   Em 2026, o apresentador completa 30 anos na emissora.

Antes do pedido ser oficializado para 2026, havia a preocupação de que ele poderia pedir a tal licença agora já que seu contrato chega ao fim neste ano. Houve até uma movimentação para que ele ganhasse o prêmio de Melhor Apresentador no Troféu Imprensa em junho.

Isso porque em conversa no podcast de Carlos Alberto de Nóbrega, Celso Portiolli já havia comentado o desejo de ter esse descanso e dos planos de estudo. “Tinha muita vontade de morar fora um tempo, parar um ano, um ano sabático, mas não para ficar à toa. Eu queria estudar, estudar algum idioma, um italiano ou aperfeiçoar meu inglês”, explicou o apresentador.  “Pelos meus filhos eu não posso parar de trabalhar ainda”, disse na ocasião.

Fonte: Msn