TCE


O Caprichoso, boi da fé e religiosidade, reuniu os seus torcedores nesta quinta-feira (11/05) para uma missa em ação de graças pelas mães torcedoras do azul e branco. A celebração, marcada de emoção e união, foi presidida pelo padre Benedito Teixeira, no Curral Zeca Xibelão. Membros da diretoria, Conselho de Arte, setores administrativos , artistas e músicos estiveram presentes no momento de oração.

A madrinha do Boi Caprichoso, dona Odinéa Andrade, responsável pela organização da celebração, falou da alegria de reunir a comunidade para pedir proteção a todas as mães. “É um momento ímpar, pois muitas mães não podem ir no Bumbódromo ver o espetáculo na arena, e elas se sentem emocionadas de estar aqui no Curral, perto do Caprichoso, do nosso presidente Jender, para cantar e agradecer a Deus”, disse.

Emocionada, dona Regina Silva, pediu à Deus e Nossa Senhora do Carmo o título do Festival de Parintins deste ano. “É uma honra participar mais uma vez desta santa missa junto com as minhas amigas. Espero em Deus que nossas preces sejam ouvidas e que o nosso boi seja bicampeonato em 2023. Nós mulheres, mães, vestidas de azul vamos cantar e dançar para ajudar na conquista dessa vitória” ressalta.

Padre Benedito Teixeira comenta sobre a particularidade da celebração. “Essa celebração une as mães no mesmo sentimento, cria uma identidade cultural muito forte, especialmente pela relação que cada uma delas tem com o Boi Caprichoso. São mulheres que carregam suas dores, suas esperanças, e aqui encontram bênçãos para suas vidas”, destaca.

Bastante emocionado, o presidente Jender Lobato agradeceu às mães pela presença e destacou a importância de cada uma das mulheres. “Fico extremamente feliz de ver esse espaço aqui dentro do curral completamente lotado. São as mães que constroem o Caprichoso, são elas que intercedem para que nosso boi possa realizar grandes espetáculos. É o momento de demonstrar toda nossa gratidão e respeito por cada uma delas”, comenta.

*Homenagem a embaixadora Célia Henn*

Durante a celebração, o Conselho de Arte do Boi Caprichoso rendeu homenagens para Célia Henn, embaixadora do bumbá em Santarém, que faleceu no dia 3 de maio. O presidente do Conselho, Ericky Nakanome, exalta todo o esforço e dedicação de dona Célia para a construção do espetáculo azul e branco.

“Foi uma mulher de fibra, uma mãe para todos nós, que não média esforços para ajudar o Caprichoso, seja como fosse. Perdemos uma guerreira surara, amazônida de pés no chão, que vestia o azul e branco com muito orgulho e demonstrava todo seu amor com trabalho e dedicação. Hoje é também o momento de agradecer a Deus pela vida de nossa amiga Célia Henn que muito nos ensinou, relata.

Foto: Arleison Cruz