TCE


O presidente da República defendeu a redução do uso de combustíveis fósseis e fez uma crítica a emissão de carbono. A COP28 teve início nesta quinta-feira (30/11)

 

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) realizou seu primeiro discurso na abertura  da 28ª Conferência de Mudança do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP28, nesta sexta-feira (1º/12), em Dubai, nos Emirados Árabes. Durante sua fala, o presidente defendeu a redução do uso de combustíveis fósseis e criticou os “trilhões” gastos em guerras. Lula ainda destacou que a parcela de 1% mais rica do planeta emite o mesmo volume de carbono que 66% da população mundial.

“Quantas toneladas de carbono são emitidas pelos mísseis que cruzam o céu e desabam sobre civis inocentes, sobretudo crianças e mulheres famintas? A conta da mudança climática não é a mesma para todos. E chegou primeiro para as populações mais pobres”, disse.

O chefe do Executivo aproveitou para destacar a importância das energias renováveis. “É hora de enfrentar o debate sobre o ritmo lento da descarbonização do planeta e trabalhar por uma economia menos dependente de combustíveis fósseis”, afirmou.

Lula também falou sobre as mudanças climáticas enfrentadas em 2023, considerado um dos anos mais quentes da história. No Brasil, a população enfrentou ondas de calor, secas e enchentes. No Sul, por exemplo, houveram tempestades e ciclones, que deixaram mortos e centenas de pessoas desabrigadas.

“O planeta já não espera para cobrar da próxima geração. O planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos, de metas de redução de emissão de carbono negligenciadas e do auxílio financeiro aos países pobres que não chega”, discursou.

Por fim, o presidente do Brasil aproveitou o momento para criticar as guerras que estão ocorrendo. De acordo com Lula, somente em 2022, o mundo gastou mais de milhões de dólares em armas.

“Quantia que poderia ser investida no combate à fome e no enfrentamento da mudança climática. Quantas toneladas de carbono são emitidas pelos mísseis que cruzam o céu e desabam sobre civis inocentes, sobretudo crianças e mulheres famintas?”, completou.

A COP28 teve início nesta quinta-feira (30/11) e ocorre em Dubai, nos Emirados Árabes. O primeiro dia de evento reuniu 70 mil participantes de 198 países.

 

Fonte: Correio Braziliense

Foto: Divulgação