Brasil – Deolane Bezerra compareceu à Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo e moveu uma denúncia contra a delegada Maria Aparecida Corsato.

Por meio de suas redes sociais, a advogada afirmou que está sendo perseguida pela autoridade, e citou o recente mandado de busca e apreensão, em que agentes de segurança levaram dois automóveis de luxo da empresária.

‘Estou saindo agora do 27º DP junto com a minha colega Adélia Soares [advogada e ex-participante do BBB16], aconteceu que a ilustríssima delegada Maria Aparecida Corsato indeferiu, ou seja, se manifestou contra a restituição dos meus veículos’, iniciou a viúva de MC Kevin, através dos Stories do Instagram, nesta segunda-feira (25).

Na sequência, Deolane alegou que os veículos não poderiam ter sido levados, visto que não estavam inclusos nas buscas feitas há duas semanas. ‘O mandado é nulo, ela não listou os bens apreendidos na minha residência no momento exato. Não constava a apreensão dos carros’, pontuou.

‘Perseguição’

Revoltada, a advogada criminalista criticou a demora da decisão, e frisou que a delegada está buscando notoriedade em torno do caso.

Ela está me enrolando há mais de uma semana por essa decisão e só saiu hoje porque não tinha mais para onde fugir. É perseguição? É. Porque mais de cem influenciadores fizeram a mesma publicidade que eu fiz. Agora eu estou me me deslocando para a corregedoria para fazer denúncia contra ela. Se ela quer fama, não vai conseguir por meio de mim’, disparou.