Foto: Divulgação

Uma comissão de moradores do conjunto Parque das Castanheiras 2, bairro no Zumbi dos Palmares (zona Leste de Manaus), esteve na manhã desta segunda-feira (05), no miniplenário Beth Azize da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), para a segunda reunião, de autoria do deputado estadual, Álvaro Campelo (Progressistas), com objetivo de tentar celebrar um acordo com a atual empresa, responsável pelo empreendimento.

São 133 moradores que vivem na incerteza de continuarem em suas residências. Aconteceram nos últimos 5 anos, quatro audiências públicas na Defensoria Pública do Estado (DPE), mas só na reunião realizada hoje na Aleam, os moradores conseguiram a possibilidade de uma negociação. As tentativas vêm desde antes mesmo da empresa BRASCON assumir o empreendimento.

Segundo Álvaro Campelo, as negociações tiveram um grande progresso, através da intervenção da Aleam. “Cada morador vai apresentar suas propostas, informando as condições de pagamento. A empresa vai fazer avaliação uma avaliação e, paralelo a isso, a DPE vai peticionar esse termo de acordo para que haja homologação”, disse o parlamentar.

De acordo com Defensor Público, Rafael Barbosa, a DPE entrará em juízo para garantir que o acordo seja realizado em segurança pelas duas partes. “A empresa se mostrou disposta em finalizar esse caso, bem como os moradores querem pagar, regularizar a situação com o registro dos imóveis”, afirmou Barbosa.

O presidente da associação de moradores do conjunto, Weiner Barbosa, ressaltou a evolução do acordo com a empresa. “Saímos da reunião satisfeitos com o resultado. O que queríamos era saber para quem pagar, de maneira confiável, as prestações das nossas casas”, finalizou.

Ao final da reunião, ficou firmado que Aleam e DPE continuarão acompanhando o caso de perto e dando todo o suporte para os 42 moradores, que se dispuseram a fazer o acordo com a empresa, possam fazer a escritura e o registro dos imóveis.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Álvaro Campelo

Foto: Divulgação