O projeto social Amigos do Protetor receberá no sábado, 19 de fevereiro, Ibson Silva e Soares, após articulação da deputada estadual Joana Darc. O projeto social Amigos do Protetor nasceu com o objetivo de fortalecer e dar qualidade de vida para crianças e adolescentes do bairro de Petrópolis. Hoje o projeto atende cerca de 40 crianças com idades entre 8 e 16 anos.

De acordo com o idealizador do projeto, Sámeq Protetor, o Amigos do Protetor conta com o apoio da deputada estadual, Joana Darc, a qual tem sido uma aliada importante no quesito esporte e que tem proporcionado oportunidade para crianças e adolescentes do bairro Petrópolis.

“Esse apoio da deputada Joana Darc é super importante para garantir às crianças e adolescentes do bairro Petrópolis um futuro longe da criminalidade e das drogas. Precisamos de toda ajuda possível para mudar a realidade de muitas crianças que buscam no futebol o lazer, saúde e qualidade de vida”, destacou Sámeq.

Joana Darc ressaltou o esporte como uma alternativa de carreira às crianças e adolescentes do bairro Petrópolis, bem como, uma oportunidade de mudança na vida não apenas dos jovens, mas de toda sua família.

“Sabemos que através do esporte é possível mudar a vida das pessoas para melhor. Ao fortalecer o Projeto Amigos do Protetor, estamos dando oportunidade para essas crianças de terem um futuro melhor para elas e suas famílias”, pontuou a deputada.

Desde sua ativação, o projeto Amigos do Protetor já disputou amistosos e ganhou destaque no cenário esportivo.

“Eu fico muito feliz quando o objetivo é alcançado. Começamos essa batalha com 5 crianças e hoje temos 40, e queremos aumentar ainda mais essa cobertura, afinal de contas quanto mais tivermos crianças e adolescentes praticando esporte, menor será a chance de seguirem caminhos escusos”, defendeu.

O projeto já disputou amistosos e, portanto, a visita dos jogadores Ibson e Soares será importante para estimular ainda mais as crianças de que, através do esporte, é possível conquistar novos caminhos.

“Essa visita dará um gás a mais nessa molecada. Imagina a felicidade dessas crianças quando estiverem frente a frente com dois ídolos que marcaram uma geração?“, disse Sámeq.

Sobre os jogadores

Ibson Barreto da Silva

Chegou à Gávea em 1992, com apenas nove anos de idade, Ibson assistiu à conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano, e passou a seguir os trilhos seguidos por um dos seus ídolos, o ex-jogador Júnior, haja vista que já nas divisões de base, assumiu a condição de habilidoso meio-campista.

Em 2003, seu último passo na base, antes de se profissionalizar, faturou a Taça Belo Horizonte de Júnior. No mesmo ano, Ibson ascendeu então à equipe principal do Flamengo. Sem demora, garantiu seu espaço entre os titulares e, um ano mais tarde, já era considerado um dos grandes destaques do time, na conquista do Campeonato Carioca de 2004.

Em 2004, conquistou a Taça Guanabara e o Campeonato Carioca de 2004, além de ter sido vice-campeão da Copa do Brasil. Seu talento era claro, o que fez abrir os olhos dos clube europeus, de forma que ainda ao fim do ano, o jogador se transferiu para o velho continente, mais especificamente para o Porto, de Portugal, no dia 2 de fevereiro de 2005.

Hiziel de Souza Soares

Foi revelado pelo Londrina e depois jogou no Figueirense, onde marcou treze gols no Campeonato Brasileiro de 2006, e foi um dos destaques da equipe. Contratado pelo Fluminense, não foi aproveitado e foi emprestado ao Grêmio.

Após marcar dois gols e vir em uma série positiva, ele se lesionou na partida contra o Novo Hamburgo e teve de ficar de fora da equipe por um mês. Ao voltar, não conseguiu se reafirmar na equipe e ficou na reserva até o final de agosto. Ao entrar no Grenal do dia 28 de agosto, fez um gol, o que lhe deu novo ânimo; contra o Vasco da Gama, dia 31 de agosto, entrou no decorrer da partida e marcou mais um gol, desta vez de cabeça.

No último jogo do ano, Soares ainda marcou um gol, o sexto seu pelo Grêmio. Na ocasião, o tento ocorreu contra o Atlético Mineiro. Ironicamente, no final de 2008, após não renovar seu contrato com o Tricolor, o atacante se transferiu para o Cruzeiro.

Em 2010, foi contratado pelo Vitória, onde foi pouquíssimo aproveitado, sendo dispensado no fim do ano, acertando, para a temporada seguinte, com a Ponte Preta.

Em 2014, foi contratado pelo Botafogo-PB para a disputa da Série C e Copa do Brasil.

Em 2015 é anunciado como reforço do Marcílio Dias para a disputa da Série A do Campeonato Catarinense. Com a chegada de Soares, o Marinheiro consegue juntar a dupla de ataque que fez sucesso no Figueirense em 2005 e 2006, com o próprio Soares e o veterano Schwenck.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Dep. Joana D’arc

Foto: Matheus Ponce