TCE


Operação aconteceu entre os dias 1º e 6 de agosto nas quatro zonas urbanas da capital

Operação de fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), entre os dias 1º e 6 de agosto, em quatro zonas urbanas da capital, resultou no registro de 490 infrações, das quais, 66 por dirigir veículo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Permissão Para Dirigir (PPD) ou Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) e 36 por dirigir sob a influência de álcool.

A campanha de fiscalização do Detran-Am visa reforçar a segurança de trânsito em Manaus.
Segundo o diretor-presidente do Detran Amazonas, Rodrigo de Sá, o resultado das fiscalizações demonstra o comprometimento da instituição com um trânsito mais seguro.

“A instituição realiza essa fiscalização frequentemente para que do pedestre ao condutor, todos tenham suas vidas preservadas. Por isso, é sempre importante respeitar as leis do Código de Trânsito Brasileiro, para que acidentes não ocorram e para que a segurança seja prioridade”, explica ele.

O coordenador da Fiscalização do Detran-AM, Arthur Cruz, salientou que as medidas de prevenção adotadas pelos condutores e fiscalização, tendem a inibir as infrações de trânsito. “Nosso objetivo é orientar o condutor para que o mesmo tenha a ciência que a responsabilidade pela segurança é dele próprio, e não somente da equipe de fiscalização”, concluiu Arthur.

Multas

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) define como infração gravíssima multa por dirigir veículo sem possuir CNH é considerada uma infração gravíssima, com valor de R$ 880,41.

Ainda de acordo com o CTB os condutores sob efeito de bebida alcoólica passam a dirigir com sua capacidade psicomotora alterada, pondo em risco a vida, integridade e meio ambiente. A penalidade de multa no valor de R$ 2. 934,70 e ocorre a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Fonte:Detran-Am
Foto: /Divulgação