Os pretensos pré-candidatos à prefeitura do município de Coari, no interior do Amazonas, deverão aguardar um pouco mais para pensarem a concorrer e assumir o cargo, isto porque, o pleno do Tribunal Superior Eleitor (TSE), deverá realizar uma votação com todos os ministros, e não apenas com um, da forma como foi realizada a última decisão.

Ministro relator Tarcisio Vieira de Carvalho Neto disse que para se configurar uma nova eleição é necessário aguardar o TRÂNSITO EM JULGADO OU A CONFIRMAÇÃO PLENÁRIA.

Prefeita interina Dulce Menezes continua no cargo por mais alguns meses.

Confira decisão:

Decisão (5)