Dudu abriu o placar, mas Germán Cano deixou tudo igual no confronto deste domingo (8) no Allianz Parque, pelo Brasileirão

De volta ao Allianz Parque depois de quatro jogos pelo Brasileirão longe de sua casa, o Palmeiras empatou com o Fluminense por 1 a 1, na tarde deste domingo (8), em partida válida pela quinta rodada do nacional.

Em uma partida equilibrada, os dois gols saíram apenas no segundo tempo. O Verdão saiu na frente com Dudu, aos 26 minutos, mas Germán Cano marcou aos 37′.

Com o resultado, o time paulista não consegue encostar nos líderes do Brasileirão, chegando aos seis pontos em cinco jogos. Já o Fluminense, apesar do bom resultado fora de casa contra o atual bicampeão da Libertadores, soma cinco pontos e segue mais próximo da zona de rebaixamento. Este foi, inclusive, o primeiro ponto conquistado pelo Tricolor Carioca no Allianz Parque — agora são nove jogos, oito derrotas e um empate.

Próximos jogos
O Palmeiras agora disputa o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, contra a Juazeirense, da Bahia. O jogo na próxima quarta-feira (11), às 19h, será no estádio do Café, em Londrina (PR). Na ida, vitória palmeirense, de virada, por 2 a 1.

Pela mesma fase da competição, o Flu encara o Vila Nova (GO) no mesmo dia, só que mais tarde, às 21h30, no estádio Serra Dourada. No primeiro confronto, vitória no Maracanã por 3 a 2.

O jogo
Atuando com sua equipe titular, o Palmeiras foi para sua blitz inicial já conhecida e teve a primeira chance de gol logo aos 2 minutos da etapa inicial.

Em lançamento de Marcos Rocha, o atacante Rony venceu o zagueiro Nino e o goleiro Fábio na corrida, mas, depois de passar pelos adversários, cruzou na área, e Wesley não conseguiu completar.

Aos 15′, a primeira chance do Fluminense na partida quase foi um golaço. Depois de um escanteio ensaiado cobrado pelo meia PH Ganso, Nathan finalizou para ótima defesa de Weverton. Na sequência, Ganso acabou sentindo a coxa e foi substituído por Nonato.

Cinco minutos depois, lance polêmico com Rony na grande área. Depois de mais um lançamento de Marcos Rocha, o camisa 10 palmeirense contou com a falha da zaga e, ao driblar Fábio, caiu. Nem o árbitro em campo nem o VAR (árbitro de vídeo) viram pênalti. Depois de muita reclamação, o jogo seguiu.

Aos 36′, após cruzamento de Zé Rafael, mais uma vez o 10 palmeirense foi acionado no comando de ataque, mas seu cabeceio saiu fraco para a meta do Tricolor das Laranjeiras.

Etapa final
Logo aos 7′, o lateral Pineida, do Fluminense, assustou o gol de Weverton depois de boa trama de passes da parte ofensiva dos cariocas.

Após a partida ficar muito brigada no meio-campo, enfim uma chance clara. Aos 20′, Rony recebeu um passe de lateral e cruzou para Dudu, sozinho na pequena área, chutar de primeira em lance que Fábio salvou.

Aos 26′, o Verdão abriu o placar no Allianz Parque. O atacante Dudu inverteu a bola para Gustavo Scarpa, que tinha entrado no lugar de Wesley, e o camisa 14 cruzou na área. Na segunda trave, Dudu completou de esquerda para o fundo do gol: 1 a 0.

O gol de empate não demorou. Em uma rara escapada do Fluzão, Caio Paulista avançou pela esquerda, invadiu a área do Palmeiras e cruzou para Cano chegar batendo de primeira: 1 a 1.

O Verdão ainda tentou pressionar com a ajuda da torcida, que empurrava das arquibancadas, mas o Tricolor soube segurar o avanço palmeirense e o placar em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
Palmeiras 1 x 1 Fluminense
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Data e hora: domingo (8/5), às 16h (de Brasília)
Público e renda: 28.776 pessoas / R$ 1.748.880,27

Árbitro: Sávio Sampaio (DF)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha Mattos (BA) e Daniel Henrique (DF)
Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões amarelos: Nonato, Wellington e Fernando Diniz (técnico) (Fluminense); Gustavo Gómez (Palmeiras)

Gols: Dudu aos 26′ 2º/T (Palmeiras) e Cano aos 37′ 2º/T (Fluminense)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez e Murilo; Piquerez, Danilo (Navarro), Zé Rafael, Wesley (Scarpa) e Raphael Veiga; Rony e Dudu. Técnico: Abel Ferreira.

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier (Fred), Nino, David Braz e Pineida; Wellington, Yago Felipe, Nathan (Willian Bigode) e PH Ganso (Nonato) (Caio Paulista); Luiz Henrique e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

 

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação