TCE

Um jovem de 22 anos, que é ex-estagiário da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), foi preso na manhã desta segunda-feira (13), pelo crime de peculato. Segundo as investigações, ele é suspeito de furtar celulares de vítimas de assassinatos, os aparelhos estavam apreendidos na unidade policial.
As investigações tiveram início após o sumiço de aparelhos celulares que não estavam registrados junto aos procedimentos na delegacia. Durante as diligências, foi apurado que o suspeito furtava os aparelhos e os revendia.

Todos os celulares foram recuperados, e os compradores confirmaram ter adquirido os dispositivos do indivíduo. Com base nas provas coletadas, foi representada à Justiça pela expedição de mandado de busca e apreensão e prisão preventiva do suspeito.

As ordens judiciais foram cumpridas nesta manhã no bairro Coroado, zona leste de Manaus. O homem responderá pelo crime de peculato, pois teve acesso aos objetos subtraídos devido à função que desempenhava na delegacia.