Em pronunciamento nesta terça-feira, 2, no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Adjuto Afonso (UB), ressaltou as feiras e festivais importantes que acontecem nesse período, tanto na capital, quanto no interior do Estado. O parlamentar prestigiou alguns e confirmou que além de evidenciarem a cultura, promovem um aquecimento na economia.

Ele iniciou falando da Exposição Agropecuária de Boca do Acre (Expoboca), município localizado no Sul do Amazonas, distante 1.560 km da capital. “Há dois anos que não acontecia a exposição, e Boca do Acre tem o maior rebanho do estado, eu cumprimento o prefeito Zeca, vereadores, funcionários da prefeitura, que fizeram uma grande exposição, fomentando a economia daquela região”.

A Expoenvira foi outro evento citado pelo deputado, que também não acontecia há dois anos por conta da pandemia, realizada em Envira (a 1.206 km). “Uma grande exposição, e eu cumprimento o prefeito Ruan Mattos pela ousadia em realizar um evento tão estratégico e grandioso no município”.

A Festa do Leite e a Feira Agropecuária, em Autazes (a 113 km), foram realizadas esse final de semana, sob o comando do prefeito Andreson Cavalcante. “Esses eventos geram emprego e renda na cidade”.

Em Santa Isabel do Rio Negro (a 631 km), o deputado Adjuto Afonso prestitgiou o Festival de Quadrilhas Juninas, considerado um dos maiores do estado. “Como incentivador desse segmento há mais de 20 anos, fui assistir de perto esse espetáculo que a nossa gente proporciona aos visitantes”.

O parlamentar encerrou falando do Festival Marquesiano, que completou 50 anos. “Eu cito, ainda, o festival marquesiano, no São Raimundo, local onde cresci e acompanhei desde o início esse evento singular. É um festival tradicional, feito com o esforço dos alunos, professores também da Glória e de Santo Antônio. A população se envolve e participa. Cumprimento o professor Nogueira, que desde o início está envolvido”.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Adjunto Afonso

Foto: Divulgação