Manaus – O concurso público da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM) foi realizado neste final de semana para o preenchimento de 210 vagas distribuídas entre cargos de nível Médio e Superior. Anunciado em outubro de 2021, o concurso não era realizado desde 2005. Mais de 64 mil pessoas foram inscritas no certame.

No sábado, quando ocorreu a prova para candidatos de nível Médio, 20.872 mil candidatos não compareceram. Já no domingo, no certame para cargos de nível Superior, mais 9.691 mil inscritos não compareceram no período da manhã; e outros 10.075 nos exames aplicados durante a tarde.

Segundo dados da FGV, deste total de inscritos, cerca de 8 mil foram pessoas de outros estados, trazendo impacto para a economia do Amazonas.  Um deles foi o administrador Thales Gonçalves, 34, natural de Minas Gerais. “Esse concurso é um dos melhores do Brasil, pelo que a gente vê vai ter muita concorrência qualificada, a gente ten que estudar bastante para conseguir ir bem na prova. Eu estudo bastante faz alguns anos, foco na área fiscal”, detalhou.

No domingo de Dia das Mães, muitas também foram fazer a prova, em busca da segurança financeira proporcionada pela aprovação.

Vagas

Para nível Médio, os candidatos concorrem ao cargo de Assistente Administrativo da Fazenda Estadual (AAFE), no qual haverá o preenchimento de 50 vagas mais o cadastro de reserva.

Para os cargos de nível superior, as provas foram divididas entre os turnos da manhã e da tarde, no domingo. Os candidatos disputam os cargos de: Analista do Tesouro Estadual (25 vagas mais cadastro de reserva), Analista de Tecnologia da Informação da Fazenda Estadual (15 vagas mais cadastro de reserva), Técnico de Arrecadação de Tributos Estaduais (25 + CR) e Técnico da Fazenda Estadual (35 + CR), além de 60 vagas para Auditor Fiscal.

Com informações da assessoria