PAÍS| Júlio César Lorens Júnior, de 28 anos, morreu após ser esfaqueado durante uma briga com um vizinho, de 67, no bairro Santo Antônio, região Centro-Sul de Belo Horizonte. Júlio César era professor de história e filho do desembargador Júlio César Lorens, do TJMG. O velório será na tarde desta sexta-feira (20), das 13h às 15h, no Cemitério da Paz.

Em relato à PM, a esposa de Júlio disse que ele tinha desavenças com o vizinho. Na manhã dessa quinta-feira (19), o professor se incomodou com barulhos no apartamento do vizinho e foi até lá. Durante a discussão, a vítima teria jogador spray de pimenta em direção ao idoso, que estava com uma faca e partiu para o ataque.

Com informações de Imediato