‘Apenas’ R$ 2,8 milhões separam o Flamengo do goleiro que deseja para a Libertadores. O Athletico não abaixa o preço. Mas a direção rubro-negra mostra que não quer perder jogador por ‘tão pouco’

A diretoria do Flamengo está mais que otimista.

Tem absoluta certeza que contratará Santos.

O goleiro do Athletico Paranaense deixou claro à direção do seu clube que deseja jogar na Gávea.

O homem responsável por todas as decisões no futebol, Mario Celso Petraglia, fixou o preço do jogador em 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 18,6 milhões. Ou seja, a multa contratual.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, autorizou o vice de futebol Marcos Braz a fechar por R$ 3 milhões de euros, perto de R$ 16 milhões.

A diferença de R$ 2,6 milhões não é grande, para a contratação de um goleiro com nível para atuar na seleção brasileira, com 32 anos.

Mas Santos conhece Petraglia bem.

E sabe que ele é teimoso.

O goleiro já avisou a cúpula do Flamengo.

Faltam apenas nove dias para o final das incrições na Libertadores.

Santos até aceita receber menos do que poderia no Flamengo.

Para que o clube aumente a proposta ao Athletico.

Mas depois de dissecar o mercado, o goleiro é considerado por Paulo Sousa e pelos dirigentes, como a melhor opção.

Não há mais confiança absoluta em Diego Alves e Hugo.

Petraglia, por uma questão de princípios, não quer baixar a multa.

Tudo se encaminha para um final feliz.

Basta acabar a participação do Athletico no Paranaense.

Ontem, perdeu para o Coritiba por 2 a 1, no primeiro jogo da semifinal.

A certeza da saída é por conta de dois fatores.

O primeiro é pela qualidade de Santos.

A segunda, pelo empenho do goleiro em jogar no Flamengo…

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação