Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Suado, complicado e emocionante. Foi neste tom que o Fluminense venceu o Independiente Santa Fe por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Centenário de Armênia, na Colômbia, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O Tricolor contou com dois gols de Fred, que salvou o dia após um fim de jogo complicado com a expulsão de Egídio na metade do segundo tempo. Giraldo descontou para os mandantes.

O Flu volta a entrar em campo no próximo domingo, pelo primeiro jogo da semifinal do Carioca, diante da Portuguesa, às 16h. A terceira rodada da Libertadores é na quinta, dia 6, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia, que é, inclusive, o próximo rival do Santa Fe, mas pelas quartas de final do campeonato nacional. Já na competição continental, o adversário será o River Plate, na quarta, em casa.

EMOÇÕES

Mal deu tempo de respirar e Fred marcou o segundo gol dele na partida. Logo no primeiro lance após o intervalo, Kayky fez a jogada pela esquerda e lançou Egídio, que cruzou na medida para o segundo maior artilheiro da história do Fluminense cabecear e ampliar. Mas a festa durou pouco. Aos cinco, a defesa do Fluminense deu pane geral, Egídio deu condições e Luccas Claro não acompanhou Giraldo, que recebeu lançamento de Palacios para, em liberdade, descontar.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE SANTA FE 1X2 FLUMINENSE

Data/Hora: 28/04/2021, às 21h
Local: Estádio Centenário, Armênia (COL)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Andres Nievas (URU) e Pablo Llarena (URU)

Cartões amarelos: Jorge Ramos, Giraldo (SFE), Egídio, Bobadilla (FLU)
Cartões vermelhos: Egídio (FLU)
Gols: Fred (5’/1ºT) (0-1), Fred (1’/2ºT) (0-2), Giraldo (5’/2ºT) (1-2)

INDEPENDIENTE SANTA FE: Castellanos; Alexander Porras, Torijano, Jeisson Palacios, Mosquera; Giraldo, Pico, Seijas (Caballero – 20’/2ºT); Osorio Jersson González – 29’/2ºT), Árias (Valdés – intervalo) e Jorge Ramos. Técnico: Harold Rivera.

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro, Egídio; Yago Felipe, Martinelli, Nene (Cazares – 15’/2ºT); Luiz Henrique (Caio Paulista – 22’/2ºT), Kayky (Gabriel Teixeira – 15’/2ºT (Danilo Barcelos – 26’/2ºT)) e Fred (Bobadilla – 22’/2ºT). Técnico: Roger Machado.