A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) deu início, nesta segunda-feira, 9 de dezembro, à “Ação Funasa em Movimento” em todos os municípios do interior do Amazonas. A proposta aumentar significativamente a presença das ações do governo federal, buscando a universalização do saneamento ambiental do estado”.

A primeira ação aconteceu no município de Tabatinga. Na ocasião, o superintendente da Funasa no Amazonas, Wenderson Monteiro, acompanhado pelo prefeito em exercício do município, Plínio Cruz, inaugurou três novas unidades da Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água, conhecida como Salta-Z.

Desta vez, as comunidades beneficiadas foram Sacambú 1, Palmares e Nova Vila, todas indígenas das etnias Kokama e Tikuna. “Com está ação, a Funasa, em parceria com a prefeitura de Tabatinga e a Defesa Civil, beneficiou mais de 800 indígenas com água potável”, garantiu Wenderson.

Para o cacique Natan Guedes, a chegada de água potável representa mais saúde para a população e, consequentemente, mais qualidade de vida para todos. Com está ação, a Funasa completa a entrega de 90 unidades do projeto Salta-z, beneficiando cerca de 28,4 mil brasileiros residentes em comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas no Amazonas.

Nesta quarta-feira, 11 de dezembro, a Funasa fará novas entregas no município de São Paulo de Olivença, nas comunidades de Bom Sucesso, São Franscico, Tupi 1 e Tupi 2.