Na intenção de reduzir os riscos de infecções e acidentes no ambiente hospitalar, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), realiza a partir desta quarta-feira (1º/09), uma capacitação sobre preenchimento do questionário de autoavaliação das práticas de segurança do paciente nos ambientes de saúde, exigido pelo Ministério da Saúde. Por conta dos protocolos de segurança contra a Covid-19, o curso será dividido em etapas, com previsão de finalização até o fim do ano.

A capacitação é voltada para profissionais de saúde que atuam em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) ou que executam cirurgias. O intuito é conscientizar os técnicos sobre a necessidade de fortalecer o sistema de segurança do paciente nos locais de saúde. A ação é organizada pela Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-RCP).

Segundo, o diretor-presidente da FVS-RCP, Cristiano Fernandes, a ação visa avaliar a adesão das unidades de saúde em relação aos protocolos de eventos adversos do Ministério da Saúde. “O preenchimento deste questionário é importante para reduzir os riscos dentro dos hospitais e a prevenção dos acidentes e eventos adversos associados a procedimentos de saúde”, destaca Cristiano.

A coordenadora da Ceciss/FVS-RCP, Evelyn César, explica que se trata de um questionário complexo, por conta disso é realizada a aula. “Muitos técnicos têm dificuldade em responder este questionário, por ser longo, com perguntas complexas, além dos protocolos implantados para prevenir eventos adversos nos hospitais, que algumas unidades ainda não conseguiram implantar de forma plena. Por isso realizamos essas orientações”, reforça Evelyn.

Referência – A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado que inclui a prevenção e o controle das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAs) no Estado do Amazonas realizado pela Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-RCP).

FOTOS: Kássio Moraes/FVS-RCP