Duas garotas de programa identificadas como Shayna Xavier Monteiro da Silva e Beatriz Freitas dos Santos tiveram as prisões decretadas pela Justiça suspeitas de envolvimento no sequestro de um juiz americano, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

De acordo com a Polícia Civil, três homens já foram presos. Todos eles devem passar por audiência de custódia prevista para esta quarta-feira (13).

O magistrado, que não teve o nome divulgado, foi libertado na segunda-feira (11) pelos agentes.

O juiz teria levado duas garotas de programa horas antes e em seguida, Shayna e Beatriz voltaram ao local com dois homens, que renderam o americano. Eles roubaram dinheiro do estrangeiro e notaram que poderiam exigir mais.

A polícia descobriu que, para soltar a vítima, os criminosos queriam R$ 200 mil como pagamento do resgate.

Fonte: Terra