TCE


Lista completa com os selecionados de Manaus e do interior está disponível no site detrancidadao.am.gov.br

Representando o governador Wilson Lima, o vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza, anunciou nesta quinta-feira (21/09) o preenchimento das primeiras 20 mil vagas do segundo ciclo do programa ‘CNH Social’, que terá o dobro da oferta do primeiro ciclo, totalizando 80 mil vagas. A listagem com os nomes dos contemplados, de Manaus e do interior, já está disponível no site detrancidadao.am.gov.br.

O anúncio foi feito durante solenidade na sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), no bairro Parque 10 de Novembro, zona centro-sul da capital. Na ocasião, o vice-governador entregou 104 CNHs a motoristas beneficiados pelo primeiro ciclo do programa e, também, certificados a 37 estudantes da rede estadual que participaram do projeto ‘CNH na Escola’.

“O governador Wilson Lima implantou o projeto CNH Social em 2021 e, hoje, está colhendo os frutos. Mais de 20 mil pessoas habilitadas receberam a CNH. Isso transforma a vida das pessoas, transforma a atividade econômica no interior e na capital”, destacou o vice-governador.

Segundo Tadeu de Souza, são mais de 40 autoescolas credenciadas e mais de 20 centros médicos habilitados, o que gera emprego, renda e oportunidade às pessoas para acessarem novas formas de trabalho.

De acordo com o vice-governador, o investimento em programas de inclusão social no âmbito do Detran-AM refletem o compromisso do estado com a qualidade de vida da população. “Uma demonstração dessa mudança do perfil do Departamento Estadual de Trânsito, deixando de ser um ‘repressor’ para ser, acima de tudo, um órgão de prestação de serviço público e de mudança da vida das pessoas”, apontou.

O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, enfatizou que das 20 mil vagas ofertadas nesta fase, 10 mil foram destinadas a moradores de Manaus e outras 10 mil distribuídas entre os 61 municípios do interior. A meta é que o segundo ciclo do ‘CNH Social’ alcance a marca de 80 mil vagas, o dobro do quantitativo oferecido no primeiro ciclo, lançado pelo governador Wilson Lima em 2021.

“No primeiro ciclo, nós ofertamos 40 mil vagas. Agora, o governador determinou que nós dobrássemos esse número. A gente diz que é um projeto de estado, não de governo. A ‘CNH Social’ foi criada por lei, então, o governador sempre se esforça dentro do nosso limite orçamentário e financeiro para fazer cada vez mais contemplados”, disse Rodrigo de Sá.

‘Sonho realizado’

Entre os 104 novos condutores que receberam a CNH oriunda do primeiro ciclo do programa durante a cerimônia, está a autônoma Júlia Marinho, moradora do bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus. Para ela, que foi selecionada no ano passado para emitir a carteira de habilitação, ter o documento em mãos simboliza a realização de um sonho.

“É uma bênção muito grande na minha vida. Eu estava em um momento delicado, quando algumas coisas aconteceram na minha vida pessoal, mas essa CNH Social veio para que eu pudesse me fortalecer. Era um sonho que eu não acreditava que fosse capaz. Hoje, posso dizer que sou vitoriosa”, comemorou Júlia.

Ainda na solenidade, o vice-governador Tadeu de Souza entregou certificados a 37 alunos do Centro Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Gilberto Mestrinho, situado no bairro Educandos, zona sul de Manaus, que participaram da primeira turma do ‘CNH na Escola’.

O projeto de inclusão social do Detran-AM oferta aulas de legislação de trânsito com uma carga horária maior que nas autoescolas. Nesse sentido, os contemplados, ao completarem 18 anos, já estão aptos a realizarem a prova de direção. É o caso do estudante Marcos Paulo, 17 anos, finalista do Ensino Médio.

“Com esse curso, eu aprendi muitas coisas que me fizeram ter uma visão diferente do trânsito, e não apenas observá-lo de forma passiva. Isso vai me dar várias oportunidades para, quando eu completar os meus 18 anos, poder tirar minha CNH. Isso vai me dar várias oportunidades no futuro”, observou o jovem.
Estiveram presentes à solenidade as secretárias de estado de Educação, Kuka Chaves, e de Assistência Social, Kelly Paixão, além de membros da diretoria e servidores do Detran-AM.

Prazos

Os selecionados devem ficar atentos aos prazos estabelecidos. A entrega da documentação iniciará no dia 25 de setembro, tanto para quem vive em Manaus como no interior.

Para os moradores da capital, a entrega será até o dia 20 de dezembro, na sede do Detran-AM, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, 2.884, bairro Parque 10 de Novembro, com agendamento prévio por meio do digital.detran.am.gov.br. O acesso ao site é feito por meio de login e senha do gov.br.

No interior, o prazo de entrega terminará no dia 20 de outubro. Os agendamentos e entregas da documentação deverão ser realizados presencialmente nos postos de atendimento do Detran-AM e nas autoescolas credenciadas em cada município.

Documentos

Os documentos necessários são: RG (original e cópia); CPF (original e cópia); comprovante de residência referente aos últimos três meses (original e cópia); título de eleitor (original e cópia); comprovante de quitação eleitoral (obtido pelo site do TRE); comprovante de renda (original e cópia); duas fotos 3×4 (exceto para os municípios de Parintins, Humaitá, Iranduba, Manacapuru, Itacoatiara, Presidente Figueiredo e Tefé, pois esses já possuem captura de imagem); e declaração de hipossuficiência econômica.

No caso dos contemplados que forem moradores dos municípios de São Paulo de Olivença, Fonte Boa, Amaturá e Atalaia do Norte, haverá a solicitação para que realizem a atualização do Cadastro Único (CadÚnico). Após a atualização, caso não sejam preenchidas as vagas disponibilizadas, será aberta uma nova fase de inscrição.

Sobre o programa

Lançado em 2021 pelo governador Wilson Lima, o ‘CNH Social’ é um programa do Governo do Amazonas que possibilita o acesso gratuito aos serviços de habilitação de veículos automotores a cidadãos de baixa renda. A iniciativa também a primeira habilitação, adição e também troca de categoria.

No primeiro ciclo, foram ofertadas 40 mil vagas. Desse total, foram 23.473 processos iniciados no Detran-AM, o equivalente a 59% das vagas disponibilizadas. Nesse sentido, já foram concluídos 9.413 processos, sendo que 6.614 pessoas já estão com a CNH em mãos, e outros 16.859 processos estão em andamento.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Vice-Governadoria

Foto: Ricardo Machado