Financiamento da Afeam está presente em todos os 62 municípios do Amazonas

O crédito rural atingiu a marca de R$ 53,9 milhões no Amazonas, segundo a Agência de Fomento do Estado (Afeam). Em três anos, foram mais de 3,2 mil financiamentos para o setor primário, com liberação de recursos para apoiar a atividade de produtores rurais e agricultores familiares.

Para ampliar ainda mais o acesso ao crédito, o governador Wilson Lima lançou, neste ano, o programa Mais Crédito Amazonas, que possui uma carteira de investimentos da ordem de R$ 220 milhões para vários segmentos, incluindo o setor primário.

“O Governo do Estado, por meio da Afeam, acredita no setor do agronegócio em nosso estado. Por isso, desenvolve políticas de crédito para apoiar associações, cooperativas e produtores rurais a aumentar suas operações, realizar investimentos e otimizar os processos de comercialização de produtos, provendo o desenvolvimento econômico do setor”, disse Marcos Vinícius Castro, presidente da Agência.

A Afeam conta com repasses em todos os 62 municípios do estado, com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

Em Barreirinha (a 399 quilômetros de Manaus), a produtora rural Heliara Jordão foi uma das beneficiadas pela Agência. Ela, que atua na produção de polpas de frutas (acerola, graviola, cupuaçu, goiaba e taperebá) há dez anos, foi contemplada com equipamentos no valor de R$ 12 mil.

“A Afeam veio para ajudar a suprir as necessidades dos produtores rurais. Estou muito feliz e grata à Agência, ao Idam e ao nosso governador Wilson Lima por essa oportunidade única na minha vida. Esse financiamento veio em boa hora e ajudou a alavancar o meu negócio”, contou Heliara.

Por meio da Afeam, a produtora recebeu liquidificador industrial, seladora térmica, freezer de 500 litros, roçadeira e balança digital. Os itens, de acordo com ela, otimizaram o tempo de trabalho, o que permitirá, em breve, a expansão do seu negócio para toda a Barreirinha.

“Antes de receber esses equipamentos, eu levava horas para produzir minhas polpas. Agora, consigo fazer o mesmo trabalho em apenas uma [hora], ou seja, vai dar para plantar mais e atender mais munícipes. Com esse ganho de tempo, quero poder suprir toda a necessidade de Barreirinha”, destacou a produtora rural.

Melhorias – Heliara Jordão conta que, desde que Wilson Lima assumiu o Governo do Amazonas, tem notado um avanço significativo no setor primário do estado. Além do Crédito Rural, ela destacou também a Carteira do Produtor Rural, benefício oferecido pelo Idam.

“Agora, com a nossa Carteira do Produtor Rural, dá um ‘gás’ a mais para a gente, onde chegamos, somos bem atendidos. Então, essa parceria com o Governo do Estado é muito importante, foi muito importante o governador Wilson Lima ter vindo ao nosso município repassar esses benefícios”, ressaltou a produtora rural.

Com a carteira, o produtor tem uma série de benefícios, como a isenção de Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na aquisição de insumos, máquinas e equipamentos para o uso de produção de atividades primárias; e a facilidade em comercializar os produtos junto ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa de Regionalização da Merenda escolar (Preme), dentre outros.

Números – No ano de 2022, já foram aplicados mais de R$ 750 mil em 60 operações de Crédito Rural. O recurso está disponível para agricultores familiares, pescadores, extrativistas, piscicultores e demais produtores rurais, bem como agroindústrias, associações e cooperativas ligadas ao setor primário.

Para acesso às linhas de crédito, é necessário procurar a unidade local do Idam, presente em todos os 62 municípios do Amazonas.

Até R$ 100 mil – Com o programa Mais Crédito Amazonas, a expectativa do governo estadual é disponibilizar financiamentos de até R$ 100 mil. Valores acima disso serão analisados pela Afeam. Os prazos para pagamento variam de acordo com a atividade e tipo de investimento, podendo ter até 180 dias de carência e taxas de juros mais baixas.

Para solicitar o crédito, o empreendedor deve entrar no Portal do Cliente, no site da Afeam: www.afeam.am.gov.br. Novos usuários precisam fazer o cadastro de acesso por meio do CPF ou CNPJ e, na sequência, preencher as informações solicitadas, incluindo o envio de fotos dos documentos. O crédito on-line resguarda a segurança das informações dos clientes.