TCE


O Governo do Estado, por meio da parceria entre o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), certifica 94 alunos que concluíram o curso Técnico em Guia de Turismo Regional.

A cerimônia acontece na segunda-feira (20/03), às 16h, no auditório da sede do Cetam, na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro I.

As turmas do curso técnico foram ofertadas em parceria com a Amazonastur nos municípios de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus), Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus) e Manaus.

Visando a qualificação profissional daqueles que atuam no setor de Turismo, a oferta dos cursos resulta da necessidade de elevar o turismo à condição de importante vetor de desenvolvimento econômico e social no Amazonas.

A presidente do Cetam, professora Hellen Matute, destacou que a autarquia tem nas parcerias institucionais um de seus mais fortes segmentos para a oferta da educação profissional e tecnológica.

“O Cetam tem um grande leque de parcerias com diversos segmentos. Por meio dos cursos de qualificação busca-se a geração de empregos, a redução das desigualdades sociais e a qualificação da mão de obra visando o desenvolvimento econômico e social”, ressaltou.

Amazonastur

De acordo com o presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Gustavo Sampaio, o órgão qualificou mais de 1,5 mil pessoas em atividades ligadas ao turismo, por meio da parceria com o Cetam, assinada em 2021.

Entre eles, agentes de informações turísticas, camareira em meio de hospedagem, espanhol aplicados aos serviços turísticos, entre outros.

“Investir na qualificação profissional é uma estratégia que a Amazonastur adota, seguindo a determinação do governador Wilson Lima, de fortalecer o turismo e preparar o setor para receber os turistas neste reaquecimento do segmento no Amazonas”, disse o presidente.

Turismo regularizado

Os novos guias irão receber, na hora, o Certificado Cadastur de Guia de Turismo ofertado digitalmente pela Amazonastur, por meio do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) do Ministério do Turismo

A Amazonastur também vai promover o cadastramento dos novos guias turísticos na plataforma do Cadastur, responsável por conectar turistas e prestadores de serviços turísticos em todo o país.

Neste curso foram formados 17 alunos em Presidente Figueiredo, 21 em Novo Airão e 56 em Manaus.

Atualmente, o Amazonas tem 421 profissionais guias de turismo regional atuando devidamente regularizados pelo Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas do Cadastur.

O cadastro é obrigatório para o exercício da atividade e a carteira de guia tem validade de 5 anos.

A Amazonastur é o órgão delegado do Ministério do Turismo para o ordenamento dos prestadores de serviços turísticos através do cadastramento e sensibilização do exercício legal dos serviços turísticos.

FOTO- Divulgação/Cetam