Robson Silva do vale, de 28 anos, foi preso nesta sexta-feira (16), suspeito de matar o motorista de aplicativo identificado como Hudson Oliveira da Silva, de 22 anos. O crime ocorreu no dia 13 de julho.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Charles Araújo, o homem teria ido até a residência da ex-esposa para visitar a filha de apenas 11 anos de idade, quando acabou encontrando Robson. Os dois acabaram travando uma luta corporal, e o suspeito acabou cravando uma faca no corpo de Hudson.

O homem ainda chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo devido aos ferimentos. O suspeito fugiu da cena de crime mas se entregou dias depois acompanhado de um advogado.

Ele deverá descer ainda hoje para uma cadeia de Manaus, devido ao mandado de prisão que estava em aberto.