Manaus/AM- Salmo Lopes de Oliveira foi condenado a 17 anos de reclusão pela morte de Hellem Cristina Almeida de Araújo. O crime aconteceu na madrugada do dia 23 de Março de 2017, na casa dele na rua Bem-Te-Vi, no bairro Cidade de Deus, zona Norte de Manaus.

De acordo com informações da Polícia Militar no ano do crime, Salmo informou em depoimento que Hellem foi chamada para realizar o serviço de acompanhante, mas, em certo momento, o homem desconfiou que ela tinha roubado dinheiro de sua carteira. A vítima negou e os dois acabaram entrando em discussão, momento em que ele aplicou o golpe de “mata leão” na mulher.

O homem chegou a fugir, mas, dias depois se entregou à polícia e confessou o crime, após imagens registradas por câmeras de segurança, que mostram ele a vítima chegando em sua residência, serem divulgadas. De acordo com a polícia, a mulher era mãe e deixou oito filhos.