Ao todo, 40 produtores indígenas participaram do curso

Atendendo às demandas da população indígena de São Gabriel da Cachoeira (distante 852 quilômetros de Manaus), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) realizou nesta semana (02 a 04/08) um curso de Boas Práticas de Olericultura a 40 indígenas de 8 comunidades diferentes.

Os cursos foram ministrados pelo engenheiro agrônomo do Idam, Ronei de Carvalho Macedo Silva, nas escolas indígenas das comunidades Tedi, Tawá, Yauawira, Cabari, São José Dores, São Joaquim Mirim, Ponta Dopa e Ilha das Flores. A ação atendeu a uma solicitação dos produtores indígenas e contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação e da Secretaria Municipal de Produção.

“O Idam hoje está conseguindo levar tecnologia e conhecimento a essas comunidades, buscando assim, junto com o conhecimento tradicional, aplicar a assistência técnica e extensão rural que desenvolve o setor primário e melhora a qualidade de vida dessas comunidades indígenas”, comentou o gerente da unidade local do Idam em São Gabriel da Cachoeira, Francisco Lizardo dos Santos.

Ainda segundo Francisco, o curso abordou a montagem de bandejas para o plantio, compostagem, adubação em covas e a utilização de manipuera, derivado da mandioca, na adubagem e como defensivo agrícola natural.

O gerente ressaltou ainda que as ações continuarão a ser realizadas nas comunidades indígenas para a realização de acompanhamento técnicos e capacitação em técnicas para a criação de galinha caipira.

 

Fonte: Idam

Foto: Divulgação