A fisiculturista e influenciadora turca Deniz Saypinar, de 26 anos, afirmou que foi impedida de embarcar em um voo da American Airlines por uma exigência da tripulação com relação ao tamanho dos seus shorts. Segundo relato, o comissário de bordo justificou que a roupa que ela estava usando “perturbaria famílias”.

O caso ocorreu em 8 de julho, em um aeroporto do Texas. Deniz contou que estava vestindo um short jeans curto e uma camiseta marrom. Após o episódio constrangedor, a influenciadora abriu o coração com seus mais de 1 milhão de seguidores do Instagram.

“Eu sou uma atleta e agora tenho que esperar aqui. Gosto de usar roupas femininas que revelam minha feminilidade, mas nunca me visto de uma forma que ofenda ninguém. Sou madura e civilizada o suficiente para saber o que posso e não posso vestir. Não mereço ser tratada como a pior pessoa do mundo por usar shorts jeans”, desabafou.

Vestimenta “adequada”

Na cartilha de orientação, a American Airlines descreve que passageiros devem se vestir “adequadamente” e que “pés descalços ou roupas ofensivas não são permitidos”. Contudo, não há nenhuma especificação quanto ao que seria considerado um tipo de “roupa ofensiva”.

Nas redes sociais, a fisiculturista foi bastante questionada. Alguns seguidores, inclusive, pediram para ver uma foto da roupa que ela estava usando para justificar o caso. No entanto, Deniz também recebeu bastante apoio. “Estamos em 2021 e ainda há um código de vestimenta que você tem que seguir para embarcar no avião, claro, apenas se você for mulher. Isto é ridículo”, comentou uma seguidora.

Outra acrescentou: “Ensine a sociedade a respeitar as mulheres, em vez de dizer às mulheres o que vestir ou fazer”.

Nessa segunda-feira (12/7), Deniz Saypinar comentou novamente o caso. “Em que mundo essas pessoas estão vivendo? Eu ainda estou tentando superar o que aconteceu. Foi um grande trauma. Continuo achando que talvez eu deveria usar mais camadas de roupas”.

Primeira mulher da Turquia a receber o status de fisiculturista da IFBB (Federação Internacional de Culturismo e Fitness), Deniz precisou se mudar para os Estados Unidos para se aprimorar no esporte em razão do conservadorismo no seu país de origem.

American Airlines